segunda, 24 de junho de 2024
Dourados
21ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Bola Cheia...! Bola Murcha...!

Waldemar Gonçalves, o Russo

Transmissão ignora Dourados, mesmo com município bancando boa parte de equipe de futsal no Brasileirão

11 junho 2024 - 00h03

Bola murcha...! O GAECO vem e tira digamos assim para eles, uma 'raposa' quer seria Francisco Cezário de Oliveira e seu grupo do poder há mais de 25 anos do comando da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) com a acusação sobre eles de um rombo de mais de 10 milhões da entidade com a mais diversas maracutaias em verbas públicas inclusive.

Aí vem a gloriosa e poderosa CBF (Confederação Brasileira de Futebol), sem ter o conhecimento da realidade dos dirigentes de futebol de Mato Grosso do Sul, e nomeia o ex-presidente do então todo poderoso Operário Futebol Clube, Estevão Antônio Petrallas, como uma outra 'raposa' digamos assim para cuidar nos próximos 90 dias como interventor da administração do “galinheiro” da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul), uma entidade que hoje está falida e desmoralizada.

Dito isso, nesta terça-feira, hoje, às 14 horas, Estevão Petrallas será julgado pelo TJD-MS (Tribunal de Justiça Desportiva) sob a acusação de não prestar contas da Ligas de Clubes e caso ser condenado não poderá comandar o destino da falida entidade do futebol profissional.

De acordo com denúncias contra Estevão Petrallas, o mesmo recebeu 40 mil reais de convênios da FUNDESPORTE (Fundação de Esporte, Lazer e Cultural) para que o então todo poderoso O.F.C (Operário Futebol Clube) na qual presidia em 2016 para participar do estadual de 2016, porém não prestou contas da grana junto ao órgão estadual.

Com essa lambança digamos assim, o órgão TJD-MS (Tribunal de Justiça Desportiva) vai julgar nesta terça-feira, a denúncia contra o hoje presidente interino da FFMS às 18 horas na capital. Na denúncia consta que Estevão Petrallas é inelegível, pois quando presidente da Liga de Futebol Profissional do MS em 2016, firmou convenio com a FUNDESPORTE. Na oportunidade, auditoria comprovou na oportunidade, danos ao erário no valor de R$ 40.878,97 já corrigido.

Por fim, sem nenhum representante de Dourados -não se sabe o porquê- foi criada uma comissão para fiscalizar Antônio Petrallas, o hoje (ainda acho né) interventor da falida entidade do futebol profissional sul-mato-grossense.

A comissão de fiscalização é formada pelos seguintes dirigentes dos clubes: Iliê Vidal, do Águia Negra; Gilmar Ribeiro, da Portuguesa; André Baird, do Costa Rica; Luís Bosco Delgado, do Corumbaense e Ítalo Milhomem, do CEFAC (Centro de Formação de Atletas) Esquerdinha.

Uma coisa é certa, o grupo do GAECO fez a parte deles, expurgando o grupo liderado por Francisco Cezário.

Resta agora saber se o “glorioso” TJD (Tribunal de Justiça Desportivo) vai fazer a parte deles e expurgar a outra, pois de acordo com denúncias graves contra o interventor nomeado pela CBF  Estevão Petrallas, é real, é viva, e cabe somente a ele provar ao contrário para o bem e pela reconstrução da moral do nosso há anos pobre futebol profissional que está infelizmente há quase três décadas figurando entre as três piores federações do futebol brasileiro, o que é lamentável.

Chega de 'raposa' no comando da FFMS, e não é com certeza com Estevão Petrallas, que essa mudança vai chegar, porém, resta esperar agora a decisão do julgamento desta tarde/noite que o TJD-MS irá fazer, ou seja, se mantém a nova raposa (velha) raposa no comando da FFMS ou faz como o GAECO, expurga ela também e que se busca um novo para comandar e resgatar a moral do nosso pobre futebol profissional sul-mato-grossense...!

Bola murcha...! O titular da coluna assistiu na última quinta-feira o jogo pelo Brasileiro de futsal entre o CREC (Costa Rica) / Juventude contra o Fortaleza do Ceará, cujo resultado mais uma vez foi negativo para a equipe sul-mato-grossense que perdeu em 2 a 1.

Independentemente do resultado negativo mais uma vez para a turma do técnico Hélio dos Anjos na Arena Maracaju, a coluna observou que em momento algum tanto o narrador como os repórteres de quadras registraram o nome de Dourados, e sim de Costa Rica e enalteceram as qualidades da poliesportiva zerada de Maracaju.

Vale lembrar que de Dourados por meio de incentivo da prefeitura investiu muita grana para ajudar o plantel para participar da competição nacional -leia-se prefeito Alan Guedes-, apareceu somente o nome da FUNED (Fundação de Esporte de Dourados) estampadas nas camisas da equipe no confronto, o que é muito pouco, pois tanto o narrador como os repórteres de quadras toda hora mencionava a equipe de Costa Rica, cidade está que fica lá do outro lado do MS, o que é lamentável, se é...!

Bola cheia...! Uma comissão de deputados estaduais com a presença de dirigentes e membros da FUNDESPORTE debatem hoje o futuro das obras de recuperação do estádio Pedro Pedrossian, o “Morenão” que está há três anos com seus portões fechados em fase de uma lenta reforma. Numa primeira reunião foi criada uma comissão especial para discutir o andamento das obras que está com problemas de serem finalizadas. Vale lembrar que na última audiência a FAPEC (Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e a Cultura) divulgou que para concluir a reforma do maior estádio universitário da América do Sul deverá custar mais de dez milhões de reais.

Se lá na capital a classe política entre outros já estão entrando na briga para as reformas do “Morenão” o quanto antes.

Pelo lado do majestoso e o hoje maior patrimônio de Dourados, o abandonado Frédis Saldivar, o “Douradão”, tanto o poder público municipal, diga-se o prefeito, como o legislativo por meio dos seus 19 vereadores, sendo um deles ligados diretamente ao futebol quer seja profissional como amador, ainda em nada ainda se manifestaram para investir em melhorias no maior estádio do interior sul-mato-grossense. Vale lembrar também que nenhum representante da Assembleia Legislativa como da Câmara Federal que representa Dourados também não tomaram a priori nenhuma posição para viabilizar melhorias no estádio douradense, que repito, é o maior patrimônio do município.

Bola cheia...! E o Estadual Sub-13 definiu os quatro semifinalistas da competição entre as confusões existentes na FFMS no último fim de semana.

Os quatro que estão nas semifinais são o Corumbaense que detonou o DS/Ubiratan; o Instituto Ismaily de Ivinhema; o Náutico e o Novo da capital.

Bola cheia...! Com muito sucesso foi realizado no final de semana com 12 equipes o torneio A.E Rodrigues Barbearia de futsal em Vicentina.

No domingo de bola rolando na poliesportiva contando com a presença ao longo do dia com um grande público, e contando com equipes de Vicentina, Jatei, Glória de Dourados, Fátima do Sul e de Dourados, no final a Distribuidora Munarim sagrou-se campeão ao bater na final a Oficina 3 Irmão. A FG Store ficou com o terceiro lugar.

Bola cheia...! Independente como sempre da confusão na FFMS com direito a prisões, o Estadual Sub-20 teve seu inicio neste final de semana, cuja equipe campeã e vice irá -acho- representar o MS na próxima edição da Copa São Paulo de futebol júnior.

Pelo grupo da Grande Dourados, o “B”, o LEC (Liga Esportiva Caasrapoense) no estádio “Carecão” empatou em 1 a 1 com o DAC (Dourados Atlético Clube).

Já em Ivinhema, a equipe da casa, o Ivinhemense sapecou na manhã de domingo no estádio “Saraivão” o C.D 7 de Setembro por 2 a 0. Este resultado segundo apurou a coluna resultou na queda do técnico da equipe douradense que será substituído pelo experiente Valdir Fortini já no confronto do sábado próximo às 15 horas no estádio “Chavinha” em Itaporã, contra a equipe do LEC/Operário Atlético Caarapoense.

Já a equipe do DAC jogará no mesmo horário no estádio Frédis Saldivar, o “Douradão” contra o líder Ivinhemense Futebol Clube.

Bola cheia...! O bom filho a casa retornar...! Fernando Ramos, militante do futebol desde o final da década de 80 volta a trabalhar em Naviraí. Ele após anos afastado do futebol da cidade do cone sul assumiu ontem pela manhã o comando do projeto “renascer” que envolve as categorias de bases do Sul-11 e 13 anos do CEN (Clube Esportivo Naviraiense). Não custa nada lembrar que neste ano o CEN no Sub-13 pulou cedo demais no estadual da categoria.

Bola cheia...! E neste último final de semana teve mais uma rodada da 20ª edição do Amadorzão da LEDA (Liga Esportiva Douradense de Amadores) com os seguintes confrontos: Pelo grupo “E” a Associação Kumbae´i Mbarete levou uma sapatada de 9 a 2 para o Instituto AEFA; pelo grupo “C” o Nova Dourados venceu por 3 a 0 o Independente de Maracaju e fechando a rodada pelo “D” o C.A. Dallas Alimentos venceu por 3 a 0 o DS/Ubiratan.

A próxima rodada marca Brasil e PãoZão grupo “C”  e Misto Indígena pelo e Luster´s pelo “B”. Bem por hoje é somente isso meu povo.

Que possamos ter uma excelente semana com muita paz, luz e claro, fé em Deus nosso Pai maior...! Fui...!

*Waldemar Gonçalves, o “Russo é jornalista e filiado ao SINJORGRAN (Sindicato dos Jornalistas da Grande Dourados)  

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campeão invicto pelo Ubiratan sonha em retorno do Leão ao futebol profissional

Visita de interventor a Dourados é começo de articulação para eleição da FFMS

Após 'cartão verde' do TJD-MS, interventor deve preparar nova eleição na FFMS

Transmissão ignora Dourados, mesmo com município bancando boa parte de equipe de futsal no Brasileirão

Relatório aponta erros nas certidões de clubes de MS

Mais Lidas

OPORTUNIDADE

Frigorífico abre 360 vagas de emprego em Dourados

DOIS IRMÃOS DO BURITI

Prefeitura de MS abre concurso com salários que ultrapassam R$ 14 mil

CAMPO GRANDE

PMs sequestraram motorista de caminhão para roubar droga

DOURADOS

Final de semana permanece quente e seco, mas temperatura despenca nos próximos dias