Menu
Busca quinta, 29 de outubro de 2020
(67) 99659-5905
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

PR e PSDB foram atrás de deputado para disputa em Dourados

05 julho 2016 - 06h24
Culpa - O município de Campo Grande tem justificado o caos da saúde pública a qual passa de forma exagerada. Na semana passada o secretário de Saúde da Capital, Ivandro Fonseca, colocou a culpa na lotação dos hospitais de sua cidade na renúncia por parte da prefeitura de Dourados à gestão plena em seus atendimentos, o que estaria impossibilitando por aqui, o recebimento de pacientes de cidades da região.

Normal - Porém, em Dourados tudo permanece como estava. Ou seja, os pacientes com urgência de 38 municípios da região continuam sendo trazidos e atendidos da mesma maneira. Apesar do anúncio da renúncia da gestão, o município ainda não deixou oficialmente os casos de média e alta complexidade.

Breu - A escuridão na avenida Guaicurus continua causando transtornos a usuários da via e na noite de sábado foi a vez de um caminhão carregado com cana de açúcar tombar na rotatória que dá acesso ao Aeroporto Francisco de Matos Pereira e Cidade Universitária. O motorista seguia em direção ao distrito de Picadinha quando perdeu controle de direção e tombou seu veículo.

Procurou - "Cacique" dos maiores dentro do PMDB garantiu que há semanas foi procurado por nome forte do PR visando as eleições em Dourados. A busca era garantir uma chapa entre as siglas com Délia candidata a prefeitura. A proposta chegou a ser levada ao presidente do partido no município, deputado estadual e também pré-candidato, Renato Câmara, mas não prosperou.

Vizinhança - Também pré-candidato à prefeitura, Geraldo Resende (PSDB) foi atrás de Câmara, mas, nesse final de semana, conforme relatou gente muito próxima do deputado estadual. Vizinhos de escritório, Resende ainda tenta ‘tira-lo’ da disputa e ter o seu apoio.

Figurões - Apesar das tentativas, ao que tudo indica o parlamentar está bem disposto a continuar a caminhada para concorrer ao cargo de Murilo Zauith (PSB) em outubro embalado por lideranças locais e estaduais. Para esta semana, é prevista a chegada de mais "figurões" peemedebistas para se encontrar com o deputado estadual e seu grupo.

Composição - Se fechado o que se desenha com o PSDB, a aliança envolvendo DEM e PSB, junto com outras siglas já anunciadas pelos tucanos, como o PDT e o SD, pode eleger quantia significativa para a Câmara de Vereadores de Dourados a ponto de se formar uma base forte a atuar a favor ou contrário ao eleito/ou eleita, esse ano no município.

Atual - Hoje, PSDB, PSB e DEM possuem juntos na Câmara, oito legisladores, quase metade dos 19 cargos. Os tucanos contam com três vereadores na Casa, o PSB com um e o DEM, que tem a maior bancada ao lado do PMDB, possui quatro ocupantes.

Bafômetro - Agentes de trânsito de Dourados terão em mãos aparelhos de etilômetros, os famosos bafômetros, que poderão ser utilizados nas ocorrências para a constatação de embriaguez. Os aparelhos custaram 16.980,00.

Impeachment - A Assembleia Legislativa realiza na próxima sexta-feira em Campo Grande, a audiência pública "Impeachment, aspectos legais". O evento está previsto para começar às 19h com intenção de debater no ponto de vista jurídico, o processo sobre a qual passa a presidente Dilma Rousseff (PT).


Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

Campanha em Dourados começa a ser pautada por ataques
Três renunciam e mais de 10 têm pedido de candidatura à Câmara negado em Dourados
Temporal serve de “aliado” para problema da limpeza pública em Dourados
Candidato é advertido após ‘colocar o rosto’ em local proibido
Após reclamações de candidatos, MPE cobra agilidade de bancos em abertura de contas

Mais Lidas

DOURADOS
Enquanto filma chuva, interno mostra ‘plantação’ de maconha em cela da PED
BR-463
Homem para carro em bloqueio, desce atirando e morre em confronto com a polícia
PANDEMIA
Menino de 5 anos é a primeira criança a morrer de coronavírus em MS
PROCURADO
Acusado pela morte de ator falsificou documento e disse ter nascido em MS