Menu
Busca sábado, 04 de abril de 2020
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Para parlamentar, governo vive na base do “enroleishon” e não ajuda MS

17 fevereiro 2016 - 06h36
BR-163 - O Ministério Público Estadual instaurou inquérito contra a CCR MS Via, concessionária responsável pela BR-163, para apurar eventual irregularidade por conta da edificação de estacionamento localizado atrás do posto da PRF (Polícia Rodoviária Federal), em Dourados. A obra fica no Km 267 da rodovia.

Mau cheiro - A 11ª Promotoria de Justiça começa a apurar a de quem é a responsabilidade sobre a existência de um esgoto sanitário a céu aberto no córrego Rego D’água, em Dourados. Segundo ação imposta por um morador junto ao MPE, o mau cheiro tem incomodado populares em várias regiões por onde passa o córrego.

Retirado - Um novo projeto que aumentaria a multa para pessoas que mantém criadouros de focos do Aedes aegypti em seus quintais foi retirado da pauta de votação na Câmara de Vereadores de Dourados na noite de segunda-feira. A proposta foi encaminhada pelo Executivo e chegou a ser discutida durante a sessão, porém, será melhor debatida na manhã de hoje.

Valores - Atualmente o valor da multa para aqueles que não se adequarem à situação varia de R$ 500 a R$ 800. Com a nova medida o tributo será reajustado, porém, ainda não se fala o quanto. Até ontem, mais de 260 pessoas já haviam sido multadas em Dourados, segundo dados repassados pelo Centro de Controle de Zoonoses do município.

Força-tarefa - Por falar em Aedes, a força-tarefa realizada pelos agentes do CCZ nas aldeias de Dourados deve ser estendida por conta da quantidade de focos do mosquito existentes no local. A intenção era manter as ações até a quarta-feira, passou para quinta, mas existe a possibilidade grande de se estender até a sexta-feira.

Preocupação - Segundo material distribuído pela prefeitura de Dourados, a cada 100 casas visitadas nas aldeias Jaguapiru e Bororó, em oito delas existiam focos do mosquito transmissor da dengue, febre chikungunya e o zika-vírus.


“Enroleishon” - ‘Enroleishon’ foi termo utilizado ontem pelo deputado estadual Paulo Corrêa (PR) para falar das ações do governo federal no Mato Grosso do Sul. Segundo ele, o Estado recebe ministros a cada semana, mas os problemas enfrentados por aqui, principalmente em relação às cidades em emergência por conta das chuvas, não são resolvidos mediante a demora na destinação de recursos.

CPMF - O parlamentar também propôs a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, encaminhamento de moção à bancada do Estado na Câmara e no Senado para tentar ‘brecar’ a volta da CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira) por parte do governo federal, sendo acompanhado por outros deputados que pediram a palavra.

Respondeu - Após as explanações, o deputado Amarildo Cruz (PT) defendeu o governo federal usando como base os recentes ajustes de tributos aprovados na Assembleia do Estado. “Temos que fazer o dever de casa. Quando podíamos ‘barrar’ os aumentos de ICMS e IPVA por aqui, não fizemos. Mas como é federal, nossa obrigação é criticar”, disse.

Apaga a luz - Apenas dois vereadores estiveram presentes na sessão solene de inícios dos trabalhos no município de Porto Murtinho na noite de segunda-feira (16). A Câmara da cidade tem nove legisladores e segundo a presidente, mesmo com a quantidade de ausentes, o encontro aconteceu e debateu as ações do ano e também a prestação de contas da prefeitura e do Legislativo.

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

Braz ironiza suplentes por vaga na Câmara: “não adianta soltar rojão”
Disputa por vaga na Câmara faz Délia perder três secretários
Réu em processo e no grupo de risco do coronavírus, vereador é autorizado a se isolar em fazenda
Marçal deve ser candidato do governo à prefeitura e abrir brecha para 3º deputado do DEM na AL
Prefeitura não vai penalizar responsáveis por aglomeração em protesto

Mais Lidas

DOURADOS
Exame de jovem que morreu no HU testa negativo para coronavírus
COVID-19
Dourados tem mais um caso confirmado de coronavírus
DOURADOS
Jovem morre no HU e município pede agilidade no resultado do exame de coronavírus
CORONAVÍRUS
Dourados registra mais dois casos de Covid-19 e MS tem 60 confirmações