domingo, 23 de janeiro de 2022
Dourados
38°max
24°min
Campo Grande
35°max
23°min
Três Lagoas
39°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Ninguém quer assumir a "bronca" do parquímetro

01 outubro 2015 - 06h37
Parquímetro - Sem atrair interessados há tempos, a prefeitura de Dourados abriu novo processo de concessão para a exploração dos estacionamentos rotativos na cidade, os parquímetros. Quem faz a gestão desses locais atualmente é a Caiuá Assessoria e Planejamento, empresa com domicílio em Santa Catarina.

Nova Tentativa - A publicação está no Diário Oficial do Município do dia 22 de setembro e tem como objeto à vencedora do certame agendado para o dia 9 de novembro, gerenciar, organizar e explorar as vagas da região central.

Abandonado - Como mostrado pelo Dourados News por diversas vezes, estacionar em Dourados não é tarefa das mais fáceis. Não só pela falta de vagas, mas pelo estado de conservação que se encontram os locais apropriados para isso. Para se ter ideia, idosos e portadores de necessidades especiais precisam vencer vários obstáculos para descer do carro.



Já foi alvo de investigação - A cobrança do estacionamento já foi alvo de investigação por parte do Ministério Público por conta de irregularidades. Agora, o órgão poderia aparecer novamente para questionar a qualidade do serviço prestado. Além de pagar por usar algo deteriorado, a dificuldade em se encontrar atendentes nas ruas é gritante.

E dá-lhe notificações - Enquanto isso, cada vez em que o cidadão não consegue carregar o bóton ou comprar o cartão de estacionamento, chove notificações nos vidros dos carros, que, quando não se transformam em multas, geram transtornos para a população que precisa correr até a sede da empresa e ‘pagar’ para futuras estacionadas.

Sujeira - Tudo isso, é claro, sem contar a sujeira dos emporcalhados aparelhos instalados para contar o tempo de sua parada no local.

Falar em sujeira - Se transforma em um verdadeiro ‘lixão’ o canteiro central da avenida Presidente Vargas, próximo ao cruzamento com a Joaquim Teixeira Alves às segundas. As sacolas com todos os tipos de lixo ficam sob uma figueira, em frente a uma lanchonete, provavelmente proveniente de todo o final de semana.

Guaicurus - O Dourados News já havia informado, mas não custa reforçar. Os retornos abertos na parte urbana da avenida Guaicurus [região do Jardim Santa Fé, Parque Alvorada e Altos do Indaiá] vêm sendo fechados. Por isso, todo cuidado é pouco aos motoristas, principalmente àqueles que costumam entrar na via com destino ao centro.

Confusão - Por falar na Guaicurus, é uma verdadeira confusão o trevo de acesso à avenida Indaiá e rua Dionísio Melgarejo, com acesso ao Jardim Flórida I e Parque Alvorada, respectivamente. É necessário que os responsáveis pelas obras melhorem a sinalização no local para se evitar tragédias.

Limpeza - O vento de pouco mais de 46km/h registrado em Dourados na madrugada de ontem trouxe medo a moradores do Jardim Piratininga e Canaã I, onde árvores caíram. A equipe de limpeza do município passou o dia recolhendo sujeira e galhos, porém, apesar dos sustos, os chamados de ocorrências foram pequenos, segundo a Defesa Civil.

Comentários, críticas e sugestões: editor@douradosnews.com.br

Deixe seu Comentário

Leia Também

Deputado licenciado assume cargo de conselheiro em Fundação de MS

Pré-candidatos começam a desembarcar em Dourados para agendas

Pré-candidato começa a ‘investir’ em interação nas redes sociais

Em menos de uma semana, dois deputados testam positivo para a Covid em MS

Dourados ainda não discutiu se tomará medidas restritivas contra novo avanço da Covid

Mais Lidas

REGIÃO

Grave acidente deixa oito mortos em rodovia

DOURADOS

Morto em confronto, além de ser suspeito de morte de menor, tinha extensa ficha criminal

DOURADOS

Dois são flagrados com droga na PED

TRÁFICO DE DROGAS

Cocaína que saiu da região de fronteira do MS é interceptada em SP