Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99659-5905
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Marun “some” após afastamento de Cunha

06 maio 2016 - 06h24
Silêncio - Defensor árduo do presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB/RJ), o deputado federal por Mato Grosso do Sul, Carlos Marun (PMDB), não se pronunciou através de seus meios oficiais de comunicação sobre o afastamento do correligionário na quinta-feira, por determinação do STF (Supremo Tribunal Federal).

Repercutiu - Se Marun nada disse, na Assembleia Legislativa de MS, o deputado estadual Pedro Kemp (PT) não perdeu a oportunidade de alfinetar Cunha e também o parlamentar sul-mato-grossense, alegando que o mesmo se projetou nacionalmente como um "dos maiores defensores desse bandido", remetendo o termo ao presidente da Câmara dos Deputados.

No Líbano - Enquanto a casa de Cunha ‘caia’ no Congresso e deputados estaduais trocavam farpas na Assembleia de MS, Marun estava no Líbano e um dia antes usou a rede social para postar vídeo de seu discurso durante instalação do Conselho de Comércio Brasil/Líbano. Falando em inglês, o parlamentar disse que o Brasil ‘teria agora um presidente com descendência libanesa’, se referindo a Michel Temer e apostando no afastamento e posteriormente, no impeachment da presidente Dilma Rousseff.

Lembrada... - Pouco vista e lembrada no Senado desde que iniciou o seu mandato, a então desconhecida pelos brasileiros, senadora Simone Tebet (PMDB/MS), tem chamado a atenção na mídia nacional de forma questionável por conta de suas recentes aparições na Comissão do Impeachment da presidente Dilma Rousseff (PT).

...mas nem tanto - Se na tribuna Simone cobra o afastamento da atual governante alegando que Dilma cometeu crime de ‘estelionato eleitoral’, como a mesma classificou, fora dela a senadora responde por irregularidades nas obras de um balneário de Três Lagoas, onde foi prefeita por dois mandatos. Em fevereiro, alegando improbidade administrativa, a Justiça Federal acatou pedido do Ministério Público Federal e determinou o bloqueio de seus bens.

Válida - Apesar de uma ação política e de nada ter a ver com o futebol, o cancelamento da entrega de medalha Honra ao Mérito Esportivo aos integrantes do Sete de Dourados na Câmara de Vereadores na manhã de quinta foi válido, principalmente porque a semana é de decisão, e não de festa. Aliás, a homenagem soa estranha, já que grande parte dos legisladores passaram a acompanhar o time agora, na reta final do campeonato.


Na mídia - Por falar no Sete, a equipe foi evidenciada a nível nacional na edição de ontem do programa Os Donos da Bola, apresentado pelo ex-jogador Neto, na TV Bandeirantes. Participando como convidado, o ex-atacante Muller, ‘padrinho’ da equipe douradense no programa sócio-torcedor foi quem levou o material à atração da Band.


Capítulo - Mais um capítulo na novela Dioclécio Artuzi III está previsto para acontecer hoje, em Dourados. Uma reunião envolvendo membros da LC Construtora, empresa que executa a obra de construção das 450 casas e a Caixa Econômica Federal será realizada no local. Os futuros moradores temem que a entrega das residências volte a não acontecer no prazo estipulado recentemente, ou seja, 30 de junho. Os futuros proprietários foram contemplados em 2013.

Capital - A Câmara de Vereadores de Campo Grande voltou a ser o centro das atenções pelas confusões políticas instaladas no local. A Casa, que nos últimos meses tem sido alvo de denúncias de compra de votos e recebimento de propinas por parte de seus parlamentares, na quarta e na quinta-feira acabou lembrada por atos lamentáveis mais uma vez.

Bagunça - Na quarta-feira o vereador Roberto Santos Durães (PSC) teve a infelicidade de ofender o prefeito da cidade, Alcídes Bernal, usando a mãe do mesmo, dizendo que a conhece bem ‘no silêncio dos edredons’. Já ontem, comissionados e servidores públicos promoveram verdadeira bagunça no local, sobrando sopapos, empurra-empurra e muita baixaria no local.

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rede social da prefeitura contradiz Diário Oficial mais uma vez em Dourados
Município aperta o cerco contra pandemia, mas deixa pontos evidentes de fora
Com sintomas de gripe, deputado faz teste para saber se pegou coronavírus
Horário de funcionamento do comércio pode ter novo ‘arrocho’
Abstenção deve ser mais um obstáculo a candidatos nas eleições da pandemia

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
PANDEMIA
Pneumologista é o terceiro médico a morrer por covid-19 em Dourados
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
DOURADOS
Decreto é alterado e agora autoriza delivery e drive-thru para bares e conveniências