segunda, 04 de julho de 2022
Dourados
32°max
15°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Mais uma lei para a série “não vai dar em nada”

24 dezembro 2015 - 06h37
Despreparo - Titular de órgão público quer ‘escolher’ sobre o que falar durante entrevistas. Recentemente, jornalista entrou em contato com o rapaz para saber informações pertinentes à população e acabou sendo constrangido em determinados momentos tamanho era o despreparo, em relação à imprensa, do mesmo para responder as perguntas.

Confusão - O titular, talvez por conta do período de festas, se confundia todo nos questionamentos e não sabia o que falar em algumas situações. Ao invés de apenas responder o que lhe era perguntado, mudava de assunto a todo instante, chegando a confundir as competências sobre os problemas questionados.

Recursos - O Ministério da Saúde divulgou na quarta-feira o repasse de R$ 100 milhões a 48 hospitais universitários do Brasil. Da quantia, 2%, ou R$ 2 milhões foram destinados ao de Dourados. O valor é razoável tendo em vista o teto de R$ 4 milhões que será aplicados ao hospital da Federal de São Paulo, por exemplo. O HU-UFMS também ficou com R$ 2 milhões.

Última hora - Como de costume, o brasileiro deixa tudo para última hora. Em Dourados, bastou se aproximar o Natal para as pessoas saírem às ruas em busca das lembranças, ofuscando um pouco a ‘paradeira’ do setor no início do mês. O comércio de rua, shopping e supermercados ficaram lotados entre terça e quarta-feira e devem permanecer assim nesta quinta.

Baixa procura - Representantes de empresas que comercializam passagens no Terminal Rodoviário Renato Lemes Soares, em Dourados, afirmam que a quantidade de bilhetes vendidos em 2016 tem ficado bem abaixo no comparativo com o mesmo período do ano passado. Alguns destinos atendidos por uma das empresas, a quantidade de carros extras saindo da cidade caiu de nove para cinco na semana que antecede o Natal.

Zika - Temor dos brasileiros no verão, a quantidade de pessoas contaminadas pelo zika-vírus em Mato Grosso do Sul devem ser considerável, segundo o médico infectologista Julio Croda. Na opinião dele, a maioria dos casos vem sendo tratado como dengue, já que apenas mulheres grávidas e com sintomas são investigadas como portadoras ou não, da ‘nova’ doença.


Mais uma - Mais uma lei que pode se encaixar perfeitamente na série das “que não vão dar em nada”. De autoria do deputado estadual Marquinhos Trad (PMDB), a nova lei exige que as bicicletas sejam ‘documentas’ em Mato Grosso do Sul, obrigando empresas a identificarem o número de série do produto em nota fiscal para que haja, segundo a medida, maior segurança aos usuários contra furtos e roubos.

Quem fiscaliza? - Mas, para que a lei dê resultado, é preciso fiscalização. Então, resta saber se haverá efetivo suficiente por parte dos órgãos competentes para isso. Outro ponto a ser levantado é que os usuários do meio de transporte agora terão que trafegar com a nota fiscal da bicicleta no bolso. Afinal, se ele acabar numa blitz, como conseguirá provar a posse do bem?

Falência - Coincidentemente a paciência do BNDES acabou com o pecuarista sul-mato-grossense e dono da Usina São Fernando, José Carlos Bumlai, em meio as investigações sobre os empréstimos suspeitos feito pelo banco ao empresário há anos. No mês passado, foi pedido por parte do credor, falência imediata do grupo São Fernando, que possui dívida de aproximadamente R$ 300 milhões em empréstimos.

Manobra - A medida parece mais uma daquelas manobras fiscais que brasileiros são acostumados a ver, também no intuito de tentar desviar o foco da CPI do próprio BNDES instalada em agosto passado e que já contou, inclusive, com o depoimento de Bumlai, preso dentro da Operação Lava Jato.

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com.br

Deixe seu Comentário

Leia Também

Com limite para definições se aproximando, movimentação para alianças ainda é morna em MS

Em recado a pré-candidatos ‘da direita’ em MS, Bolsonaro fala em união

Bolsonaro diz que vai levar Tereza Cristina para passear de moto na Capital

Ex-secretário de Murilo é o ‘nome da vez’ para compor chapa com Rose Modesto

Mais um vereador anuncia que disputará eleições em outubro

Mais Lidas

DOURADOS

Idosa cai em golpe do falso sequestro, mas polícia consegue impedir transferência bancária

DOURADOS

Drogado, homem acaba preso após agredir filha e esposa

REGIÃO

Droga apreendida em veículo que capotou é avaliada em 1,5 milhão

RIO BRILHANTE

Caso de homem encontrado morto dentro de residência é investigado