quarta, 25 de maio de 2022
São Paulo
23°max
11°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Bola Cheia...! Bola Murcha...!

Waldemar Gonçalves, o Russo

Ex-jogador e campeão por vários clubes participa de jogo festivo em Dourados

21 dezembro 2021 - 09h17

Bola cheia...! Quinta-feira, as 19 horas, será realizada no bar da LEDA (Liga Esportiva Douradense de Amadores), a eleição para se saber quem será por dois anos (ou seria três) presidente da entidade.

Na chapa 1 concorre a reeleição Eurides Castilho, o “Tubaína”; na 2 José Vilhalba e na 3 Emerson Diniz, o “Nego”.

Com apenas nove equipes filiadas, o que é muito pouco pela grandeza da história da entidade, haja visto que em Dourados tem com certeza 30 ou mais equipes amadoras, o pleito promete ser esquentado, e é esperar pra ver, pois é sabido que por trás dele, também tem interesse político em razão das eleições do ano que vem.

Segundo consta, dos noves filiados, dois deles não tem direito a votar, sendo eles, o Casa Nova e o Estrela do Sul.

Pra urna deverá entrar os votos dos presidentes do União Nova Dourados, Santo Antônio da Picadinha, Ceart, Clímax, Ubiratan Esporte Clube, Operário Atlético Clube e do Dinossauros.

Independente de quem ganhar a eleição, esperamos que possamos ver um Napoleão Francisco de Souza mais bem cuidado, inclusive, com um novo vestiário (duplo) para os árbitros (masculino e feminino); arquibancada limpa, parte frontal do estádio pintado e porque não, a busca por uma parceria para se recuperar as torres de iluminação.

O futuro presidente, seja lá quem for deve buscar apoio (patrocínio)  publicitário para manter as manutenções do estádio, uma vez que os poderes públicos tanto municipal como estadual pouco ou nada podem investir na mais histórica praça esportiva do interior do MS.

Que vença o melhor, mais que venha quem quer que seja o eleito, para fazer uma administração que possa trazer novos filiados para a LEDA e consequentemente fortalecer o nosso futebol amador, que outrora, foi muito forte e competitivo.

Bola murcha...! A bola murcha vai para a série B do campeonato estadual de futebol profissional do Mato Grosso do Sul, que além de contar com somente quatro equipes, está em um nível que dá dó.

Com SEN (Sociedade Esportiva Naviraiense), Coxim, Pontaporanense e Moreninhas, ai mostra como anda o futuro do futebol profissional do MS.

No jogo entre o Naviraiense e Coxim,  os jogadores da equipe visitante, ao tomar o primeiro gol feito pelo douradense Igor Vilela, desabaram em campo e o árbitro deu por encerrada o confronto.

Resta agora saber o que a falida FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) e o TJD/MS (Tribunal de Justiça Desportiva) irão decidir sobre o resultado do jogo que não durou se quer 20 minutos de bola rolando.

Bola cheia...! A bola vai para a grande festa realizada no estádio Napoleão Francisco de Souza pelo sexto ano do máster do Ubiratan (98, 99 e 2.000) em jogo contra o Casa Nova e companhia.

Contando com a presença do supercampeão e ex-jogador ubiratanense, Antônio Carlos Zago, o “Tonhão”, o jogo realizado no último sábado terminou em três a três, mais a festa que arrecadou alimentos para serem doados, foi muito linda.

Após o jogo, a galera do máster do “Leão da Fronteira” foram se confraternizar com um jantar em um salão de festa da cidade.

Bola cheia...! A bola vai para o grupo de peladeiros Real-matismo, que no domingo pela manhã encerraram o ano com uma confraternização com suas famílias ni campo do “defuntão”, que é localizado ao lado do cemitério Santo Antônio de Pádua.

Antes da confraternização (almoço) aconteceu um desafio entre os corintianos do grupo contra o resto da rapaziada.

Resultado final, cinco a dois para os corintianos e aí a festa ficou mais que completa para a galera.

Bola cheia...! A bola vai para a equipe do Brasil que conquistou invicta a sexta Copa Zé Tabela / Suoer 10 de futebol suíço.

A equipe venceu na final o UFC por três a zero e faturou dois mil e duzentos reais, mais troféu e medalhas. A equipe campeã teve também o goleiro menos vazado e o artilheiro da competição. Cada um ganhou “cenhão” e troféu pelos feitos. 

O UFC mil e cem reais mais troféu e medalhas.  

Por hoje é só meu povo, mas volto na sexta-feira se Deus quiser...!

 

Waldemar Gonçalves, o Russo é jornalista e filiado ao SINJORGRAN (Sindicato dos Jornalistas da Grande Dourados)     

Deixe seu Comentário

Leia Também

Se sair do papel, reforma do Ginásio Municipal será 'presente' para Dourados

Imbróglio na Justiça pode deixar distrito sem campeonatos

Competição regional vai movimentar categorias de base em MS

DAC vai apostar alto para a disputa da Copa Verde

Enquanto futebol de MS capenga, cidade de 8 mil habitantes tem time na Série B do Brasileiro

Mais Lidas

TRAGÉDIA

Homem morre e outro fica ferido em estado grave após acidente na Marcelino

DOURADOS

Vídeo mostra momento da colisão que terminou com morte de motociclista

MARCELINO PIRES

Vítima de acidente tinha 33 anos e era sargento na Venezuela antes de se mudar para Dourados

DOURADOS

Segunda vítima de acidente na Marcelino Pires morre no Hospital da Vida