quarta, 25 de maio de 2022
São Paulo
23°max
11°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Bola Cheia...! Bola Murcha...!

Waldemar Gonçalves, o Russo

Dia do Trabalhador tem sido pobre para os eventos esportivos

03 maio 2022 - 00h02

Bola murcha...! Em outrora quando a então Funced (Fundação de Cultura e Esporte) funcionava a pleno vapor como nas décadas de 80 e início de 90, em datas como o dia 1º de maio, realizava-se grandes eventos sociais e culturais para a comunidade douradense, em especial para as crianças e adolescentes e também a tradicional Corrida do Trabalhador!

Com o tempo passando e novas administrações chegando ao Poder Executivo, a então Funced perdeu a sua identidade, pois aos poucos foi se desfazendo e enfraquecendo com o desmembramento, com o departamento de esporte ficando de um lado (Funed) e o da cultura do outro, e as atividades sociais e esportivas e culturais acabaram por sucumbir juntos a estas divisões.

Isso posto, enquanto Funed nesta data de 1º de maio na época de sua criação era plenamente ativa, em especial no âmbito cultural e esportivo, hoje o que se vê é uma falta de atrativos, com nenhuma atividade sendo desenvolvida pelos seus diretores e equipes de trabalho, isso sem esquecer que no legendário estádio Napoleão Francisco de Souza, a LEDA (Liga Esportiva Douradense de Amadores) no período da tarde sempre tinha um amistoso com grandes equipes da cidade contra algumas visitantes.

Neste dia 1º de maio último ocorreu sim uma atividade, que foi um passeio ciclístico que teve como organizadores a Agetran (Agência de Trânsito) em conjunto com outros órgãos do município, em especial da Funed (Fundação de Esporte de Dourados), porém a tradicional Corrida do Trabalhadores assim como alguns anos passados como outras provas, deixou de ser realizada, o que é lamentável para uma cidade do porte de Dourados.

O passeio ciclístico deste domingo último teve percurso de cinco e 10 quilômetros

Se outrora tínhamos na área de cultura e no esporte grandes eventos nos parques, em especial no Arnulfho Fioravanti, existente nos fundos do shopping e Antenor Martins, no Flórida em 1º de maio, há pelo menos dez ou mais anos, não registramos mais nenhuma atividade à nossa comunidade que está tão  carente de atividades em dia tão especial como o comemorado a nível mundial que é a data do trabalhador.

Bola cheia...! Por enquanto vai para a equipe do Costa Rica Esporte Clube, que na série “D” do Brasileiro está tendo um início muito aquem do esperado.

A “cobra do norte” como é denominada a equipe teve um início ruim ao perder na estreia para o Ceilândia por um a zero, porém em duas rodadas se recuperou ao vencer o tal do “Ação” de Mato Grosso por dois a zero em casa e no domingo último venceu o Iporá de Goiás por 2 a 1 na casa do adversário e está na luta para se classificar para a próxima fase da competição. É esperar para ver...!

Bola murcha...! Com certeza vai para a ausência do projeto “Dourados Paralímpico” que era comandado pelo competente profissional em educação física Antônio Pietramalle, o “Toninho Pietramalle”.

O projeto que é formado e composto por crianças e adolescentes com necessidades especiais e que era desenvolvido na pista de atletismo do estádio Frédis Saldivar, o “Douradão” e que trouxe inúmeras conquistas (troféus e medalhas) para a história de Dourados tanto a nível estadual como nacional, com provas de bocha, lançamento de dardos, judô, em especial atletismo, ao que parece está com suas atividades paradas, o que é uma pena se for verdade.

Caso for verdade, não vai ter ninguém, em especial a classe politica e empresarial para brigar para que este projeto tão lindo e social que sempre teve em “Toninho Pietramalle" como professor volte a ser colocado em prática...???

Bola cheia...! Ela vem da capital! Notícia dão conta de que com o título do Operário Futebol Clube no “pobre” estadual sul-mato-grossense de futebol profissional deste ano, um grupo de profissionais liberais e políticos, claro, inclusive de uma tradicional família, já estariam articulando um projeto para o resgate do Esporte Clube Comercial para o ano que vem.

Embora se trata de um ano político, espera-se que realmente seja verdade essa notícia, pois um Esporte Clube Comercial forte com certeza deixaria a próxima edição da competição estadual com mais brilho e menos pobre...!

Bola cheia...! Ela vai para as competições do campeonato dos comerciários de Dourados que teve seu início com grandes confrontos e muitos gols. A competição é dividida em três etapas, sendo a primeira com idade livre; a segunda 40 anos e a terceira 50 anos acima. Top dez...! O importante é fazer a bola rolar e colocar a rapaziada para correr atrás dela !

Como bom corinthiano, o jeito é sofrer com estes gols contra a nosso favor, e torcer para que os nossos adversários, em especial os “porcos” e os “urubus” entre outros, fiquem bem abaixo de nós, para que possamos ser campeões kkkkk!

Bola cheia...! Ela vai para o meia atacante Igor Vilela e para o atacante “Coruja” que foi artilheiro do Naviraiense no estadual recém encerrado, que estão agora reforçando o plantel do Costa Rica na série “D” do Brasileiro.

A dupla (de amigos inclusive) pouca gente sabe, mas são de origem de Fátima do Sul, embora o Igor Vilela mora com a família em Dourados.   

Por hoje é só meu povo amigo! Fé em Deus hoje e sempre, fui, mais volto...!

 

*Waldemar Gonçalves, o Russo é jornalista e filiado ao Sinjorgran (Sindicato dos Jornalistas da Grande Dourados)      

Deixe seu Comentário

Leia Também

Se sair do papel, reforma do Ginásio Municipal será 'presente' para Dourados

Imbróglio na Justiça pode deixar distrito sem campeonatos

Competição regional vai movimentar categorias de base em MS

DAC vai apostar alto para a disputa da Copa Verde

Enquanto futebol de MS capenga, cidade de 8 mil habitantes tem time na Série B do Brasileiro

Mais Lidas

TRAGÉDIA

Homem morre e outro fica ferido em estado grave após acidente na Marcelino

DOURADOS

Vídeo mostra momento da colisão que terminou com morte de motociclista

MARCELINO PIRES

Vítima de acidente tinha 33 anos e era sargento na Venezuela antes de se mudar para Dourados

DOURADOS

Segunda vítima de acidente na Marcelino Pires morre no Hospital da Vida