Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99659-5905
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Deputado cobra retomada de quimioterapia e toma revide público de médico

04 maio 2016 - 06h25
Cobrança - O deputado federal e pré-candidato à prefeitura de Dourados, Geraldo Resende (PSDB), cobrou a retomada das sessões de quimioterapia por parte do CTCD (Centro de Tratamento de Câncer de Dourados) e Hospital Evangélico, suspensas desde 11 de abril pela falta de medicamentos. Na segunda-feira, o parlamentar ingressou com representação nos ministérios público federal e estadual, em busca de solução para a situação.

Cobrança 2 - "É absolutamente inconstitucional e ilegal, além de violar os direitos dos usuários de sistema de saúde", disse em nota divulgada pela sua assessoria de imprensa em relação ao não atendimento e completou, alertando sob a pena de violação ao direito do usuário de saúde pública: "caso haja interrupção, haverá responsabilidade civil do prestador", remetendo ao HE e o CTCD, a responsabilidade.

Retrucou - Um dos diretores do CTDC, o médico Mario Eduardo Rocha, não gostou da cobrança de Geraldo Resende e usou a rede social Facebook para retrucar o parlamentar: "sua representação e nada é a mesma coisa", disparou em sua conta e continuou o desabafo: "você veio cortar a faixa de inauguração do Hospital do Câncer em 2010 ao lado do Ari Artuzi e nunca mais voltou".

Sobrou - Na reclamação ainda teve cobrança por emendas do deputado e sobrou até para o Hospital Evangélico, chamado de "falido" pelo médico: "nunca trouxe emenda para ajudar o Hospital do Câncer e nem o falido Hospital Evangélico (...) você não vai usar o sofrimento de pacientes e familiares e querer pousar de defensor ou herói financial", disse. "Você chegou tarde e quer sentar na janelinha. Dispenso sua ajuda por interesses pessoais e privados", completou.

Mas... - Apesar de cobranças e retrucadas, o que realmente interessa à população, ou seja, a continuidade sem prejuízo de seus atendimentos, parece ainda não ter solução, principalmente diante da constante falta de repasses por parte do Hospital Evangélico ao CTCD, que é a empresa terceirizada pelo hospital, responsável por gerir o dinheiro oriundo do SUS.

Tocha - A chegada da Tocha Olímpica a Brasília (DF) na manhã de ontem encheu ainda mais de expectativas a população douradense, que recebe no dia 26 de junho, o maior símbolo dos Jogos Olímpicos, principalmente aqueles que levarão, mesmo que por alguns metros, a tocha durante o seu percurso na cidade. O caminho se inicia pelo Distrito Federal e Goiás, para na próxima semana, adentrar o Estado de Minas Gerais.

Rio Brilhante - O MPE (Ministério Público Estadual) abriu inquérito civil para apurar uma eventual prática de improbidade administrativa junto a Câmara de Vereadores de Rio Brilhante perante contrato aditivo formalizado com a empresa que presta serviço no local. Segundo a promotoria, existe a possibilidade de realização de pagamentos indevidos para a mesma, que faz desde limpeza até jardinagem na Casa de Leis.

Fatal - Uma triste, porém, real notícia foi divulgada na manhã de ontem durante a carreata que marcou as ações do Maio Amarelo em Dourados e mostra que o trânsito está cada vez mais fatal na cidade. De acordo com o Detran, entre janeiro e abril deste ano, 18 pessoas perderam suas vidas nas ruas, avenidas e estradas do município. A imprudência ainda continua sendo o principal causador dos óbitos.

Educação - A falta de educação e respeito das pessoas no trânsito é mesmo algo a se destacar. No mesmo momento em que a atenção da população era chamada para os perigos no trânsito durante carreata na Marcelino Pires, nas vias transversais a ela, motoristas parados eram visto falando ao celular ou sem usar o cinto de segurança.

Poeira - O deputado estadual Renato Câmara (PMDB) tem sido visto circulando constantemente e ‘empoeirando’ bem os pés na cidade de Dourados, principalmente depois de ter se colocado como pré-candidato a prefeito nas eleições de outubro próximo. Na segunda-feira, ele acompanhou o vereador Aguilera de Souza, recém ingresso em seu partido, em andanças pela Aldeia Bororó para conhecer a situação na região e, claro, se apresentar à população.


Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rede social da prefeitura contradiz Diário Oficial mais uma vez em Dourados
Município aperta o cerco contra pandemia, mas deixa pontos evidentes de fora
Com sintomas de gripe, deputado faz teste para saber se pegou coronavírus
Horário de funcionamento do comércio pode ter novo ‘arrocho’
Abstenção deve ser mais um obstáculo a candidatos nas eleições da pandemia

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
PANDEMIA
Pneumologista é o terceiro médico a morrer por covid-19 em Dourados
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
DOURADOS
Decreto é alterado e agora autoriza delivery e drive-thru para bares e conveniências