Menu
Busca sábado, 11 de julho de 2020
(67) 99659-5905
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Compromissos de senador adia assinatura de emendas da União em MS

02 maio 2016 - 06h23
Vacina - Como era de se esperar, os postos de saúde e pontos volantes ficaram completamente lotados no Dia D de vacinação contra a gripe H1N1, sábado, em Dourados. A doença é motivo de preocupação pela população e já matou esse ano no Estado, cinco pessoas.

Grupos - Apesar do perigo, só são agraciados com a vacinação as pessoas que estão nos chamados grupos de risco, ou seja, crianças de seis meses a cinco anos, idosos, gestantes, àqueles que trabalham em condições de vulnerabilidade, setores da saúde e indígenas. Porém, o questionamento se baseia no porque a vacina só é disponibilizada para esses grupos na rede pública? Qual o interesse dos governantes pela não imunização de toda a população? Com a palavra, os próprios.

Trânsito - Começa hoje as ações do ‘maio amarelo’, evento promovido pelo município tendo como foco ‘o respeito e às normas de boa convivência no trânsito de Dourados’. O diretor-presidente da Agetran, Ahmed Hassan Gebara utilizará a tribuna da Câmara nesta segunda e as atividades prosseguem amanhã com carreata na avenida Marcelino Pires.

Taxa/SUS - O MPE (Ministério Público Estadual) abriu inquérito para apurar uma suposta irregularidade na realização de exames de raio-X, no município Deodápolis. Segundo a promotoria, a suspeita é de que o Hospital Municipal Cristo Rei esteja cobrando taxa aos pacientes para fazer a radiografia, oferecida gratuitamente pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

Filas - Continuam longas e demoradas as filas nas agências bancárias de Dourados, mesmo com uma lei específica que limita em até 15 minutos o atendimento da população que busca os serviços nesses locais. Dias atrás, uma mulher reclamou ter aguardado 1h30 para conseguir conversar com o setor específico a qual necessitava.

Atento - Se aqui o desrespeito com o cidadão parece imperar no quesito espera e filas, em Corumbá um procedimento administrativo foi instaurado pelo Ministério Público anexo a uma ação civil que já corre naquele município cobrando o Banco Bradesco de respeitar o limite de 15 minutos para atendimento, além de manter o sistema de senhas eletrônicas e a fixação de cartazes informando sobre os direitos do consumidor.

Expectativa - Mesmo diante de um cenário de crise existente no país, o Sindicato Rural de Dourados se mostra otimista quanto a movimentação financeira da 52ª edição da Expoagro, agendada entre os dias 13 e 22 de maio. Segundo o presidente, Lúcio Damália, a expectativa é aumentar os negócios em 25% a mais dos R$ 100 milhões do ano passado.

Menores - Na sexta-feira, a assessoria de imprensa do Sindicato Rural convocou jornalistas para coletiva com membros da diretoria para explicar alguns posicionamentos em relação à festa. Um deles diz respeito aos menores de idade, que até 12 anos, apenas poderão adentrar ao Parque de Exposições João Humberto de Carvalho acompanhados pelos pais. Entre 12 e 15, será permitida o acesso com terceiros, desde que os mesmos tenham autorização em cartório para isso. Já os adolescentes de 16 e 17 anos, precisam portar a carteira de identidade.

Álcool - Outra medida tomada para a festa esse ano diz respeito aos locais para a comercialização de bebidas alcoólicas durante os dias de evento, que serão disponibilizadas em espaço específico, impedindo inclusive a entrada de menores de idade. Não será permitido o trânsito dessas bebidas pelo parque.


Adiado - O evento de assinatura de emendas ao Orçamento Geral da União, previsto para acontecer hoje, foi adiado pelo governo do Estado por conta de compromissos do coordenador da bancada de Mato Grosso do Sul, senador Waldemir Moka. De acordo com a assessoria de imprensa do governo do Estado, a cerimônia será remarcada para os próximos dias. Ao todo, são R$ 69 milhões destinados a 34 municípios e do valor, R$ 3,9 milhões será usado para as obras do Hospital Regional de Dourados.

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

Deixe seu Comentário

Leia Também

Rede social da prefeitura contradiz Diário Oficial mais uma vez em Dourados
Município aperta o cerco contra pandemia, mas deixa pontos evidentes de fora
Com sintomas de gripe, deputado faz teste para saber se pegou coronavírus
Horário de funcionamento do comércio pode ter novo ‘arrocho’
Abstenção deve ser mais um obstáculo a candidatos nas eleições da pandemia

Mais Lidas

ACIDENTE DE TRABALHO
Douradense morre após ser atingido na cabeça por peça de elevador de 20kg
PANDEMIA
Pneumologista é o terceiro médico a morrer por covid-19 em Dourados
DOURADOS
“Ele não conseguiu terminar o último plantão”, diz esposa de médico vítima da Covid
DOURADOS
Decreto é alterado e agora autoriza delivery e drive-thru para bares e conveniências