terça, 09 de agosto de 2022
Dourados
16°max
12°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Chuva vai, mas os buracos ficam em Dourados

29 setembro 2015 - 06h35
Desemprego - A crise chegou a Dourados apesar da tentativa de fazer dela menor do que realmente é. O número de demissões ficou maior que o de admissões pelo segundo mês consecutivo na cidade. Os dados do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) publicado pelo MTE (Ministério do Trabalho e Emprego) mostram que na somatória de julho e agosto, o saldo foi negativo em 797 vagas de trabalho.

Por cima - O radialista e ex-deputado federal Marçal Filho, que assumiu a presidência do diretório municipal do PSDB no sábado passado em Dourados, parece ter como certo o seu nome dentro do partido para disputar a sucessão do atual prefeito, Murilo Zauith (PSB), no ano que vem.

Sem medo - Durante entrevista antes da cerimônia, o reingresso ao ninho tucano disse não escolher adversários e que espera ‘vários’ nomes na disputa eleitoral, segundo ele, para que a população possa ter opções de escolha.

Crítica - A afirmação soou como crítica pela forma como foi eleita a atual gestão. Explicando: Em 2012, Marçal era um dos nomes fortes pelo ex-partido, PMDB, porém, na última hora o então governador André Puccinelli (PMDB) interferiu e resolveu fazer com que a sigla se juntasse a outros aliados, numa espécie de blocão, e ‘abraçasse’ a campanha de Zauith. O radialista se rebelou e apostou todas as fichas na também radialista Keliana Fernandes e após derrota nas urnas, se tornou crítico ferrenho da atual administração.

Após as chuvas, os buracos - As chuvas registradas nos últimos dias em Dourados serviram para espantar o calorão. O problema é que, com a qualidade nada boa do asfalto do município e os ineficientes serviços tapa-buracos, a cada enxurrada, boa parte desses remendos vão embora irritando quem trafega pelas vias.



Desperdício

Em época de conscientização pelo uso correto da água, o banheiro feminino exclusivo para portadores de necessidades especiais no Parque dos Ipês tem ‘derramado’ o bem. A válvula de descarga apresenta problemas, desperdiçando milhares de litros diariamente [veja vídeo].


Falta de água - Vale lembrar que na semana passada moradores de vários bairros do município reclamaram falta de água. Em nota, a Sanesul informou que houve aumento de 40% do consumo em Dourados e que precisou adotar medidas para que o bem durável chegasse a todos os bairros.

Vandalismo - Ainda no recém-reformado banheiro do Parque dos Ipês, atos de vandalismo já começam a aparecer nas portas ‘novinhas’. Frase escrita com caneta piloto dá o tom da ‘arte’ no local.

Mais vandalismo - Da mesma forma que o banheiro apresenta ‘pixações’, os camarins do Teatro Municipal de Dourados, anexo ao Parque, também se tornaram alvos de alguns vândalos disfarçados de artistas. As sujas paredes do local estão marcadas com batom e rabiscadas por quem passou por ali.

Marcha política - Políticos deram o ar da graça durante a Marcha para Jesus, realizada sábado em Dourados. Evangélica, a vice-governadora Rose Modesto (PSDB), que cumpriu agenda no município, caminhou junto de fiéis pela avenida Marcelino Pires e depois subiu ao trio elétrico. Quem também marcou presença foi o prefeito Murilo Zauith (PSB), vereadores e outras autoridades públicas.


Comentários, críticas e sugestões: editor@douradosnews.com.br

Deixe seu Comentário

Leia Também

Filho ‘03’ de Bolsonaro participa de evento em Dourados

PT quer trazer Lula ao MS em setembro

Mensagem após ataque a candidato em 2018 vira ação penal eleitoral

Servidor de carreira, ex-secretário pede exoneração do Município

Assembleia cancela cerimônias e audiências e deputado critica novas medidas

Mais Lidas

BR-376

Lutador de MMA douradense é preso com mais de 40 quilos de cocaína

TRAPALHADA

Ladrão esquece mochila aberta e dinheiro roubado voa durante fuga

Adolescente fica gravemente ferido após caminhonete capotar na MS-141

COXIM

Casal de idosos foi morto por menores que levaram R$ 20