domingo, 07 de agosto de 2022
Dourados
29°max
18°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Bola Cheia...! Bola Murcha...!

Waldemar Gonçalves, o Russo

Além do futebol profissional, MT 'dá banho' em MS no investimento de ligas amadoras

29 julho 2022 - 00h04

Bola cheia...! No vizinho Mato Grosso, a FFMT (Federação de Futebol do Mato Grosso) pelo que se sabe trata as suas ligas de esportes amadores, que no total seriam 12, com um suporte de R$ 3 milhões por ano, o que daria, em média, R$ 250 mil para cada uma delas se manterem com esta generosa contribuição.

Com essa verba, as ligas amadoras com certeza mantém as suas portas abertas com pagamentos de água, energia e claro, para as realizações de seus calendários no futebol e também em outras modalidades.   

Já aqui no Mato Grosso do Sul, o que se sabe é que a FFMS (Federação de Futebol do Mato do Sul) não dá nenhum suporte financeiro para as suas ligas, o que é lamentável, e talvez esteja aí uma das inúmeras respostas do porque o nosso futebol tanto amador como profissional, não decola à nível nacional como do estado vizinho.

O nível das ligas amadoras no MS é tão falida que até mesmo a LEDA (Liga Esportiva Douradense de Amadores), que é uma das mais antigas da região centro-oeste, sequer é filiada a FFMS como foi em outrora.

Esperamos que futuramente possamos ter novos dirigentes no futebol sul-mato-grossense, que invistam assim como no Mato Grosso em nossas ligas amadoras, todavia, daí teremos que esperar por um milagre quem sabe, ou a saída do Francisco Cezário de Oliveira ou o término de seu mandato que acabou de se reeleger por mais três anos no comando da falida FFMS, que atualmente está no ranking entre as três últimas piores do país.

Bola murcha...! Bola murcha vai para a confirmação de que realmente lá em Ponta Porã já está em andamento um projeto para a venda do legendário estádio Aral Moreira, que possui uma área de 20 mil metros quadrados em plena área central da cidade.

Fontes de informações a coluna, consta que no interior do estádio se encontra a sede da diretoria da SEP (Sociedade Esportiva Pontaporanense) -ex-Comercial de Ponta Porã- que embora tenha mais de 70 anos de sua fundação, está atualmente afastada do futebol profissional.

A coluna apurou que em contato com Francisco Cezário de Oliveira, eterno presidente da FFMS que teria questionado ao chefe do Poder Executivo sobre a liberação do estádio, que é municipal, com os laudos conclusos, inclusive à instalação da antena de para-raios e aprovados pelos órgãos fiscalizadores do município.

Em resposta ao presidente da FFMS a coluna apurou que o Poder Executivo teria dado como resposta de que não iria gastar “nenhum tostão” para que o estádio fosse liberado.

Consta também que ainda em resposta ao presidente da FFMS, o Poder Executivo teria afirmado que já teriam em mãos, um projeto para construir um novo estádio com capacidade para dez mil pessoas em uma área próxima ao rodoanel que está em fase de conclusão, e que aonde encontra-se o legendário Aral Moreira realmente será extinguida, ou seja, vendida, agora resta saber se a venda de uma das mais ricas e famosa área de esporte de Ponta Porã, porque não do MS, passará pelo crivo dos vereadores do município.

Voltamos a repetir, é esperar para ver até onde vai esta novela que poderá levar -ou não- o fim de um dos mais tradicionais estádios de futebol sul-mato-grossense.

Bola cheia...! A bola vai para os organizadores do 1º torneio de Indápolis de futsal.

A competição que teve o seu congresso técnico na noite de ontem naquele distrito, constará com equipe de Dourados, Itaporã, Douradina, e do Distrito de Panambi, Vila Vargas e Formosa, e claro, da casa, o que somados serão 12 equipes.

A competição será neste próximo domingo à partir das 8 horas no ginásio poliesportivo Santos Soares de Lima, o saudoso ex-vereador “Santim”.

Vele ressaltar que no período vespertino haverá jogos na categoria Sub-12 entre o Instituto Semear e Projeto Criança Feliz.

De parabéns os organizadores que lembram que no local haverá vendas de comidas e bebidas.

Bola cheia...! Neste domingo estará acontecendo as semifinais da 1ª taça integração regional de futebol e os dois jogos serão o seguinte: Em Piraporã, Distrito de Itaporã, a equipe da casa vai enfrentar o Veteranos Panambi enquanto em Douradina o Juventus Esporte Clube terá pela frente o Santa Terezinha Futebol Clube. O  Santa Terezinha é também do Distrito do mesmo nome, que pertence a Itaporã.

Bola murcha...! Infelizmente ela vai para parte da gloriosa torcida do Flamengo do Rio de Janeiro, que ao término do jogo de ida contra o Athético Paranaense -0 a 0- entraram literalmente entre eles na “porrada” em pleno estádio Maracanã.

 As imagens sobre os fatos infelizmente rodaram o mundo inteiro, o que é muito triste para a nação rubro-negra, e claro, principalmente para o futebol brasileiro.

Bola cheia...! Dentro do planejamento para se criar -e levar- o CEART (Clube Esportivo Antônio Raposo Tavares) para a disputa do estadual Sub-17 visando a Copa São Paulo do ano que vem e um plantel para a disputar a série B do futebol profissional, a coluna apurou que um dos que estarão compondo a equipe técnica será Moacir Amorim, experiente ex-jogador, técnico e treinador da escolinha de goleiros da FUNED (Fundação de Esporte de Dourados). Ao “professor” todo sucesso do mundo desejamos nesta nova empreitada, assim como para os dirigentes do CEART. Por hoje é só meu povo, mas volto na terça-feira se Deus quiser, e ele vai querer...! Ótimo final de semana para nós todos minha gente amiga...! Fui !        

Waldemar Gonçalves, o Russo é jornalista e filiado ao Sinjorgran (Sindicato dos Jornalistas da Grande Dourados)

Deixe seu Comentário

Leia Também

Futebol amador dita o final de semana esportivo em Dourados

Com casa cheia, amadorzão da Leda precisa de atenção da segurança pública

Além do futebol profissional, MT 'dá banho' em MS no investimento de ligas amadoras

Espaço ocupado por tradicional estádio de MS pode ser vendido

Costa Rica começa desafio do 'mata-mata' da Série D

Mais Lidas

TRAGÉDIA

Mulher que morreu em acidente na BR-463 era agrônoma de Dourados

TRAGÉDIAS

Agosto começa com quatro mortes por acidentes de trânsito em Dourados 

LUTO

Conselho de Agronomia lamenta morte de jovem agrônoma em acidente

TENTAVIVA DE HOMICÍDIO

Susto provocado por cachorro e discussão terminam com ciclista baleado