Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Vereador propagandeia boa ação, mas fica em silêncio quanto a denúncia

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

27 abril 2021 - 00h04

Classificados – Candidato a vice-prefeito de Dourados na chapa com Wilson Matos (PTB) nas eleições do ano passado, o professor Leonardo Pescinelli (PDT) movimentou um grupo de compra e venda no Facebook ao colocar diversos exemplares de moedas de R$ 1 para comercialização. Com alguns desses objetos considerados comemorativos, os valores podem passar de R$ 300.

Atento – O secretário Municipal de Saúde interino, Edvan Marcelo, tem atuado também como ombudsman nas redes sociais respondendo questionamentos de leitores que realizam comentários em matérias jornalísticas. 

Decoro – No mesmo dia que propagandeou ter prestado ajuda no atendimento médico na UPA (Unidade de Pronto Atendimento), o vereador Diogo Castilho (DEM) preferiu não responder a questionamento sobre a denúncia de quebra de decoro parlamentar protocolada contra ele na Câmara por ter furado o toque de recolher em meio a pandemia do coronavírus. 

Exemplo – Essa é a segunda vez que o legislador se vê em meio a polêmicas na pandemia. Recentemente, durante protesto de comerciantes em frente a Câmara contra as medidas restritivas impostas pelo poder público, ele atendeu os presentes do lado de fora da Casa sem o uso de máscara de proteção. 

Denúncia – Na Tribuna, ontem, Castilho não falou diretamente sobre a situação, mas deu a entender ser vítima de perseguição e ainda culpou a imprensa por ter noticiado o fato à população. 

Comissão – Mas, o curioso no episódio é que Diogo também faz parte da Comissão de Ética e Decoro Parlamentar da Casa, como membro. Juscelino Cabral (DEM) e Maurício Lemes (PSB) formam o grupo como presidente e vice, respectivamente.

Vazio – A sessão de ontem na Câmara de Dourados começou com a ausência de sete vereadores. O ‘vazio’ resultou na aprovação da ata do encontro anterior por apenas 11, dos 12 parlamentares presentes. 

Enquete – Das quase 250 pessoas que participaram de enquete proposta pelo Dourados News, 72,84% acreditam que as medidas restritivas tomadas recentemente por governo e prefeitura de Dourados no final de março não surtiram efeito desejado. Já 27,16% disseram que sim. 

*Colaborou André Bento

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Adjunto completa dois meses como ‘tampão’ na Saúde de Dourados
Vereador diz que “não toca mandato pela internet” e gera polêmica na Câmara
Câmara oficializa mais uma Frente Parlamentar: a "Cristã"
Aliada de Bolsonaro critica fala de senadora de MS na CPI da Covid
Direcionamento de pacientes da UPA para HV gera crise entre médicos

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados