Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Servidora deixa direção da Funsaud e vai para Secretaria de Governo

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

05 outubro 2021 - 00h04

Arquivado – Três estabelecimentos investigados pelo MPE (Ministério Público Estadual) por descumprimento de medidas restritivas contra a Covid-19 em Dourados, tiveram os processos arquivados após formalização de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta).

Imunização – O secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, voltou a cobrar a população que ainda não se vacinou contra a Covid-19 em Mato Grosso do Sul. Na semana passada, dados da pasta apontavam para 150 mil pessoas sem receber ao menos a dose 1 do imunizante.

Retorno – Após período enferma, a secretária-adjunta de Saúde, Christine Maymone, retornou às transmissões do boletim Covid na página do Governo do Estado e fez um apelo a empresários: que estimulem os trabalhadores a buscarem o imunizante como forma de conter ainda mais a doença, responsável pela morte de 9.575 sul-mato-grossenses desde o início da pandemia. 

Mudança – Decretos publicados na edição de ontem do Diário Oficial do Município mudam a lotação da servidora Angela Maria Azevedo Cardoso Marin. Ela deixa a direção-técnica da Funsaud (Fundação de Serviços de Saúde) de Dourados e passa a atuar como assessora especial II, na Secretaria Municipal de Governo, pasta comandada por Henrique Sartori. 

Denúncia – No dia 15 de setembro, Angela teve investigação por uma suposta conduta irregular junto a outro servidor arquivada pelo diretor-presidente Jairo José de Lima após constatar que o Conselho Curador da Funsaud, que deliberou pelo início do processo, apresentava mandatos dos integrantes vencidos. 

Escolha – A vereadora Liandra Brambilla (PTB) foi a única a se inscrever e eleita para a 2ª secretaria da Mesa Diretora da Câmara de Dourados na tarde de ontem. Ela assume o posto deixado por Lia Nogueira (PP), que deixou o posto na semana passada. 

Votos – Rogério Yuri (PSDB) pretendia entrar na disputa pelo cargo, porém, acabou desistindo ao não conseguir número expressivo de votos para conseguir entrar na ‘briga’ com a colega de Casa.

Sessões – Enquete proposta pelo Dourados News mostra que a maioria dos leitores não costuma acompanhar sessões e trabalhos de vereadores e deputados eleitos. A opção foi assinalada por 78,74% dos 127 participantes, contra 21,26% que votaram sim no questionamento. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Deputado critica sessão online ao falar para poucos colegas
Vereador afastado e alvo de processante vai à Câmara durante sessão
Empréstimo milionário começa a ser analisado essa semana pela União
CPI que começou em 2019 na Assembleia, será retomada na próxima semana
Câmara abre licitação para produzir conteúdo e ter "canal de TV"

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Mulher é presa após se masturbar em praça pública
LEGISLATIVO
Em Dourados, projeto quer criar Dia Municipal do Torcedor Flamenguista
CAPTURA
Cobra é capturada em para-choque de carro na região central de Dourados
DOURADOS
Preso por violência doméstica passa por audiência de custódia e tem preventiva decretada