Menu
Busca segunda, 06 de julho de 2020
(67) 99659-5905
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Se unificada, eleição acaba com ‘trampolins’ políticos a cada dois anos

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

25 maio 2020 - 00h05

Unificado – A unificação das eleições no Brasil, caso ocorra, além da economia aos cofres públicos, acabará também com os ‘trampolins’ utilizados por alguns políticos que utilizam os cargos eletivos para fazer campanha durante o mandato e, no meio do caminho, abandonar o barco com a intenção de assumir outro posto. 

Acomodado – Atualmente, deputados e senadores, que desejam entrar na disputa pelo Executivo municipal, por exemplo, não precisam renunciar ou se afastar dos respectivos mandatos para concorrer à eleição. Se triunfarem, começam um novo ciclo abrindo vagas a suplentes, caso contrário, mantém o cargo ocupado.

Mudança – O secretário adjunto da Secretaria de Estado de Educação, Edio Antônio Resende de Castro, está no comando da pasta desde a semana passada substituindo a titular, Maria Cecília Amendola da Motta, de férias. Ele permanece no cargo até 1º de junho. 

Tecnologia – Após incluir no Regimento Interno da Câmara de Dourados as sessões remotas, o presidente da Casa, Alan Guedes (PP), instituiu, através do artigo 70-A, a possibilidade de realizações de audiências públicas virtuais. A medida ocorre durante o período de pandemia. 

Virtual – Seguindo a ‘onda’ tecnológica de encontros virtuais, o PT, que sinalizou lançar como pré-candidato à prefeitura o professor universitário João Carlos de Souza, realizará reunião online no dia 6 de junho para definir nomes que vão compor a lista dos postulantes aos cargos pelo partido visando as eleições. 

Parado – Após anúncio de retomada dos voos para Dourados a partir de junho, a Gol e a Azul Linhas Aéreas suspenderam a comercialização de passagens para o município, que deve permanecer sem atendimento aéreo até o final desse semestre. A Passaredo, outra empresa a atuar por aqui, ainda continua com os trabalhos interrompidos. 

Avaliação – Inquérito Civil iniciado no passado para apurar possível irregularidade na dispensa de licitação na contratação de empresa para executar serviço de drenagem e pavimentação asfáltica, em Dourados, está pautada na reunião ordinária do Conselho Superior do Ministério Público no dia 26 de maio. 

Prazo – A Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul aumentou, até o dia 30 de junho, a realização de sessões remotas e a suspensão dos atendimentos ao público como forma de prevenção ao novo coronavírus. A medida veio através de nova normativa da Mesa Diretora da Casa para substituir a que se encerraria hoje. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Abstenção deve ser mais um obstáculo a candidatos nas eleições da pandemia
Prefeitura vai à Justiça contra Frente Parlamentar
Mexida no tabuleiro anima postulantes à disputa pela prefeitura de Dourados
Câmara de Dourados agora tem quatro vereadores investigados por corrupção
Promotor pede mais um ano para investigar vereador sobre “empenha 200 contos”

Mais Lidas

POLÍCIA
Assassinado no Izidro é secretário de Agricultura Familiar de Dourados
DOURADOS
Ex-funcionário é o suspeito de matar secretário de Agricultura
DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
“Um amigo, um conselheiro”, diz Délia após assassinato de secretário