Menu
Busca terça, 07 de julho de 2020
(67) 99659-5905
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Promotor pede mais um ano para investigar vereador sobre “empenha 200 contos”

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

30 junho 2020 - 00h04

Prorrogação – Titular da 16ª Promotoria de Justiça de Dourados, Ricardo Rotunno quer, pela segunda vez, prazo maior – um ano - para investigar um áudio vazado do vereador Juarez de Oliveira (MDB) durante sessão da Câmara. O documento será analisado pelo Conselho Superior do MPE (Ministério Público Estadual) no dia 6 de julho. 

Empenha – O caso em questão ocorreu durante a votação do projeto de lei que alterou o PCCR (Plano de Cargos, Carreiras e Remuneração) dos servidores públicos municipais, em 2018, relembre. Na época, o parlamentar teria insinuado que a dificuldade na aprovação da lei ocorrera devido ao não pagamento de propina pelo Executivo. 

Duzentão – A denúncia ao MPE foi feita pelo Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) de Dourados. No áudio vazado, Juarez disse a seguinte frase: “Rapaz, eu já estou no terceiro mandato, sei como funciona as coisas. Empenha duzentos contos [R$ 200 mil reais] para a gente se reeleger e atendimento diário”, cita.

Eleições – Maioria dos leitores que participaram da enquete proposta pelo Dourados News são favoráveis ao adiamento das eleições municipais deste ano. 56,05% dos participantes responderam ‘sim’ à possibilidade, enquanto 43,95% são contra. 

Datas – O pleito está agendado em primeiro turno para o dia 4 de outubro e em 2º para 25 do mesmo mês, mas o Senado já aprovou PEC (Proposta de Emenda à Constituição) adiando a votação para 15 e 29 de novembro. Resta agora a proposta passar pela Câmara dos Deputados. 

Prazo – Diante da incerteza, o prazo para apresentadores de rádio e TV interessados em participar da eleição se afastarem das funções ocupadas, termina nesta terça-feira, 30 de junho. 

Prefeitura – Aliás, enquanto não aprovada a PEC, os olhos na disputa pela prefeitura de Dourados se voltam pela ‘despedida’ ou não do deputado estadual Marçal Filho (PSDB), dos microfones da 94FM. O parlamentar é um dos nomes cotados pelas lideranças tucanas para concorrer ao Executivo da maior cidade do interior sul-mato-grossense. 

Retorno – Denize Portollan assume novamente a cadeira de vereadora amanhã. Ela é suplente de Braz Mello (MDB), que voltou a perder o mandato na Câmara de Dourados após ser condenado por improbidade administrativa na época que ainda era prefeito, nos anos 1990.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Horário de funcionamento do comércio pode ter novo ‘arrocho’
Abstenção deve ser mais um obstáculo a candidatos nas eleições da pandemia
Prefeitura vai à Justiça contra Frente Parlamentar
Mexida no tabuleiro anima postulantes à disputa pela prefeitura de Dourados
Câmara de Dourados agora tem quatro vereadores investigados por corrupção

Mais Lidas

DOURADOS
Antes do crime, homem que matou secretário havia sido demitido por não usar máscara
DOURADOS
Acusado de matar secretário em Dourados acaba preso em barreira sanitária
DOURADOS
Carro que atingiu ciclista pega fogo após bater em árvore ao lado de Avenida
DOURADOS
Adolescente pilota moto embriagado e tio morre após queda na Coronel Ponciano