domingo, 07 de agosto de 2022
Dourados
29°max
18°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Pré-candidatos ‘colam’ imagens em dois presidenciáveis e deixam outros de fora

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

28 julho 2022 - 00h04

DivulgaCand – O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) divulgou os primeiros nomes aprovados em convenção para a disputa das eleições gerais deste ano em Mato Grosso do Sul. São cinco candidaturas lançadas pelo PSB já publicadas na plataforma DivulgaCand, que serve para informar à população sobre quem entrará na disputa do pleito. 

Aguardando – Entre aqueles postos pela legenda e que ainda aguardam ter a candidatura deferida pela Justiça Eleitoral, está o vereador douradense Maurício Lemes, que entrará na disputa por uma vaga na Câmara Federal. 

Relógio – Três partidos usarão o último dia de prazo para realização das convenções para oficializarem candidaturas ao Governo de Mato Grosso do Sul. PSDB, MDB e PRTB trabalham, respectivamente, com os nomes de Eduardo Riedel, André Puccinelli e Capitão Contar. 

Colando – Tem sido cada vez mais comum observar pré-candidatos em Mato Grosso do Sul ‘colando’ a própria imagem aos nomes do ex-presidente Lula (PT) ou do atual, Jair Bolsonaro (PL) em artes distribuídas em grupos de whatsapp e nas redes sociais. 

Descolando – Em contrapartida, são raros – para não dizer que ninguém tenha feito – ao lado de nomes como o de Simone Tebet (MDB) e Ciro Gomes (PDT), por exemplo, que também já foram oficializados como candidatos pelos respectivos partidos. 

Palanque – Apesar de ala do MDB insistir em não lançar a senadora sul-mato-grossense à disputa presidencial e acenar em alguns Estados o apoio a Lula, será uma surpresa, das grandes, caso o palanque não fique ao lado dela no próprio domicílio eleitoral.

Presidenciável – Ainda ontem, antes de ter aprovada a candidatura à presidência da República, Simone Tebet publicou foto nas redes sociais ao lado da imagem de Ulysses Guimarães, um dos maiores líderes emedebistas do país morto em dezembro de 1992 vítima de acidente aéreo, com os dizeres: “Democracia na cabeça e no coração”. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mensagem após ataque a candidato em 2018 vira ação penal eleitoral

Servidor de carreira, ex-secretário pede exoneração do Município

Assembleia cancela cerimônias e audiências e deputado critica novas medidas

Após anunciar que seria suplente de senador, produtor rural acaba como candidato a vice

Campanha vai reforçar fiscalização nas eleições deste ano

Mais Lidas

TRAGÉDIA

Mulher que morreu em acidente na BR-463 era agrônoma de Dourados

TRAGÉDIAS

Agosto começa com quatro mortes por acidentes de trânsito em Dourados 

LUTO

Conselho de Agronomia lamenta morte de jovem agrônoma em acidente

TENTAVIVA DE HOMICÍDIO

Susto provocado por cachorro e discussão terminam com ciclista baleado