Menu
Busca quarta, 20 de janeiro de 2021
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Pensando em 2022, deputado estaria tentando emplacar suplente na Câmara

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

24 novembro 2020 - 00h04

Retorno – Passada a campanha eleitoral, nomes que deixaram o governo do Estado e se dedicaram a ajudar candidatos pelo Mato Grosso do Sul começam a retornar aos respectivos cargos. Um deles é o ex-vereador Paulo Henrique Bambu, nomeado de volta à Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica, após exoneração da pasta.

Boquinha – O Republicanos estaria tentando articular uma forma de colocar o suplente Neto Santos na vaga de Fábio Luís na Câmara de Dourados. A intenção seria emplacar o ex-diretor do Imam no atual governo para abrir brecha no Legislativo. 

Mais boquinha – A articulação, segundo gente com acesso livre pelo partido, estaria a cargo do deputado estadual Antônio Vaz (Republicanos), como forma de conseguir ser ‘representado’ pelo suplente em Dourados visando as eleições de 2022. Acontece que, Fábio Luiz não estaria disposto a assumir qualquer função na próxima administração, isso, é claro, se algum convite for feito. 

Insistência – Recentemente, o Republicanos questionou a 19ª vaga da Câmara de Dourados ter ficado com Creusimar Barbosa (DEM). A justificativa do departamento jurídico do partido é que a ‘sobra’ da legenda seria maior que a do Democratas, porém, as contas realizadas não batem com a Legislação eleitoral. A medida, segundo gente com acesso a membros do partido, virou contra o feiticeiro e se transformou em piada interna. 

Covid – O deputado federal Fábio Trad (PSD) chegou ontem ao 12º dia de internação em decorrência do coronavírus. Em nota, a assessoria de imprensa do parlamentar informou que ele apresentou melhoras nos exames laboratoriais e na questão pulmonar oxigenal.

Reajuste – O Ministério Público Estadual abriu procedimento preparatório para apurar o aumento dos salários dos vereadores de Fátima do Sul a partir da próxima Legislatura. A Resolução número 004/2020, que trata desse reajuste foi aprovada recentemente pelos parlamentares e, segundo o MPE, pode estar em desacordo com a Lei de Responsabilidade Fiscal. 

Rusga – Recentes exonerações, aparentemente estratégicas para comando municipal, pode ter sido, na verdade, um recado do ‘chefe’ a revés mal digerido.       

Enquete – Maioria dos 411 leitores que responderam questionamento feito pelo Dourados News gostaram da renovação da Câmara de Vereadores nas eleições deste ano. A opção foi escolhida por 72,51% dos participantes, enquanto 20,92% disseram que não muda nada a entrada de novos nomes. Outros 6,57% não gostaram do novo quadro. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Secretário manda recado a negacionistas da vacina contra Covid: “querem voltar às trevas”
Escolhidos para secretariado estariam com dificuldade para conseguir cedência
Secretário de Azambuja retorna ao cargo sete meses após exoneração
Comandos da Infraestrutura e Agesul ficam com ex-secretários de Murilo
Sindicato cobra prefeitura sobre pagamento de salários

Mais Lidas

DOURADOS
Morto por descarga elétrica pode ter tentado consertar portão
ACIDENTE
Homem morre após sofrer descarga elétrica em Dourados
DOURADOS
Comitê alerta para crescente da Covid e prefeito expede decreto com novas regras
DOURADOS
Em ação conjunta, polícia deflagra operação para investigar crimes