Menu
Busca quinta, 03 de dezembro de 2020
(67) 99659-5905
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Passada euforia do pleito, eleição da Mesa vira assunto na Câmara

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

20 novembro 2020 - 00h04

Disputa – Passada a euforia dos eleitos à Câmara de Dourados, os futuros parlamentares agora iniciam articulação pela presidência da Casa, comandada atualmente por Alan Guedes (PP).

Nomes – Vereador mais votado nas eleições de domingo, Jânio Miguel (PTB) aparece como candidato a fazer parte da nova Mesa Diretora e tem força para pleitear a presidência. Outro que deve articular em busca do comando da Casa é Sérgio Nogueira (PSDB), atual primeiro secretário e que entra em seu terceiro mandato. 

Composição – Como citado ontem aqui Na Lata!, segunda mais votada à Câmara, Lia Nogueira (PP) já demonstrou a intenção de ocupar uma cadeira na nova composição, porém, não necessariamente como presidente. 

Estreia – A participação de Mara Caseiro (PSDB) na primeira sessão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul foi discreta. Ainda se acostumando à tecnologia e ao trabalho virtual, ela passou quase todo o tempo tentando acompanhar o encontro. 

União – Amigos, como costuma dizer o prefeito eleito Alan Guedes (PP) em relação ao vice-governador e secretário de Estado de Infraestrutura, Murilo Zauith (DEM), ambos se encontraram na tarde de ontem na Agesul para tratar das obras realizadas pelo governo em Dourados. A reunião também contou com 16 vereadores que assumirão no próximo ano. 

Ausentes – Três deles, todos debutantes, não compareceram ao encontro. Os democratas Diogo Castilho e Juscelino Cabral, além do ex-secretário de Agricultura Familiar do governo Délia Razuk (sem partido), Marcão da Sepriva (Solidariedade). O primeiro atendia a um paciente, enquanto os outros dois estavam em viagem. 

Discurso – Sob a sombra de uma árvore no pátio da Agesul, em Dourados, os ‘novos parlamentares’ que marcaram presença no encontro praticamente assistiram a palestra ministrada por Zauith sobre as ações do governo na cidade. 

Futuro – Os primeiros meses de Guedes serão de arrumar ‘pepinos’ pontuais e visíveis, como a limpeza pública e a volta as aulas da Rede Municipal de Ensino, ambos citados por ele no primeiro dia após a eleição. Ao mesmo tempo, estará à frente da administração na possível transformação que passará a cidade nos próximos dois anos, contando com as obras prometidas pelo governo do Estado. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Suspensão é mantida e CPI das contas de energia deve durar mais de um ano
Com possibilidade de mudança, AL tem mais um deputado com coronavírus
Prefeitura volta ao noticiário policial a um mês do fim do mandato
Pandemia pode mudar local da posse dos eleitos em Dourados
Reuniões de transição ocorrem em sala apertada e sem estrutura

Mais Lidas

PANDEMIA
Casos de coronavírus levam fechamento de três agências bancárias em Dourados
POLÍCIA
Homem é encontrado morto em ponte próximo à Vila Cachoeirinha 
MAUS TRATOS
Mãe é denunciada após apagar cigarro na mão da filha em Dourados
CAARAPÓ
Jovem que matou companheira com mata-leão é autuado em flagrante por homicídio doloso