Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Liandra desiste de de ser relatora de CPI um dia após Câmara indicar integrantes

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

07 abril 2021 - 00h04

Mapeamento – Disposta a entrar na corrida eleitoral para o governo em 2022, a senadora Soraya Thronicke (PSL) tem começado a ‘mapear’ diversas regiões do Mato Grosso do Sul para debater as demandas da população. Nos mesmos moldes de Reinaldo Azambuja (PSDB) entre 2013/14 com o ‘Pensando MS’, a parlamentar aposta as fichas no ‘Fórum MS Certo’, que debaterá prioridades nos municípios sul-mato-grossenses. 

Desistiu - A vereadora Liandra Brambila (PTB) desistiu da relatoria da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) que vai apurar o uso do dinheiro público destinado pelo governo federal no ano passado para combater a pandemia do coronavírus em Dourados, quando o município era comandado por Délia Razuk (sem partido).

Nota - O anúncio foi feito no final da noite de ontem. Liandra, uma das pessoas de confiança de Délia ao longo do mandato, disse ter refletido com a família para tomar a decisão. A parlamentar, segundo ela mesmo informou, foi indicada para a função pelo bloco  'Força Legislativa'.

Câmara – A sessão de segunda-feira na Câmara de Dourados, também deixou clara algumas ‘divisões’ dentro dos blocos parlamentares, entre eles a bancada do Democratas na Casa. Enquanto Diogo Castilho cobrou postura mais forte do município em relação à saúde pública, Juscelino Cabral foi mais apaziguador no seu discurso ao tratar do assunto.

Voo – A chegada das eleições gerais de 2022 já começa a trazer a Dourados alguns ‘paraquedistas’ – aqueles políticos com ou sem mandato que nunca pisam na cidade - dispostos a levar do maior colégio eleitoral do interior sul-mato-grossense alguns votinhos. 

Prorrogação – O número de municípios sul-mato-grossenses que pediram à Assembleia Legislativa a prorrogação do estado de calamidade pública por conta da pandemia do coronavírus até 30 de junho já chega a 15. Campo Grande, Rio Brilhante, Ivinhema, Naviraí, Terenos, Ladário, Costa Rica, Batayporã, Laguna Carapã, Douradina, Aparecida do Taboado, Três Lagoas, Jardim, Rio Verde de Mato Grosso e Glória de Dourados receberam o aval. Nova Alvorada do Sul, pediu o reconhecimento da situação na semana passada.

Enquete – Dos 346 participantes de enquete proposta pelo Dourados News, 55,78% são favoráveis a liberação dos parques públicos no município, fechados por conta da pandemia do coronavírus. Já 42,22% são contrários a tal medida. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CPI da Covid terá que ‘correr contra o tempo’ para análise de documentos e oitivas
‘Costura’ pelo governo começa a ganhar forma para as eleições de 22
Ex-deputado que perdeu eleição em 2020 deixa hospital após quase 1 mês
Deputado se irrita e fala em perseguição após proposta arquivada
Suspensão de limpeza pública traz de volta receio de douradense com mato e sujeira

Mais Lidas

DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro
DOURADOS
Perícia não encontra sinais de violência e morte de mulher pode ter sido por causas naturais
DOURADOS
Mãe de menor que organizou festa clandestina com mais de 40 pessoas é presa
TIRADENTES
Comércio, vacinação e bancos; veja o que funciona no feriado em Dourados