Menu
Busca domingo, 19 de setembro de 2021
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Ida de Bolsonaro ao PP pode fazer bancada do partido dobrar na AL

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

26 julho 2021 - 00h06

Otimismo – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) se mostrou otimista ao falar sobre o avanço da vacinação e a diminuição de casos de coronavírus em Mato Grosso do Sul. Em publicação nas redes sociais, o chefe do Executivo local disse acreditar estar perto de superar ‘a tempestade’, se referindo à pandemia, mas também deixou o alerta: “Não se descuide, afinal, prudência e canja de galinha não fazem mal pra ninguém!”.

Saudosismo – O recesso parlamentar na Assembleia Legislativa deixou ‘saudoso’ o deputado estadual Renan Contar (PSL), que relembrou, através de material distribuído por sua assessoria de imprensa, o projeto ‘Rota MS’, desenvolvido por ele há três anos. Viajando pelo Estado a bordo de uma moto por vários meses e surfando na onda bolsonarista, conseguiu ser o mais votado entre os parlamentares da Casa em 2018, com 78.390. 

Mudança – “Estou tentando um partido que eu possa chamar de meu, mas está difícil. Hoje, o PP é uma possibilidade”, do presidente Jair Bolsonaro em entrevista à Rádio Grande FM, sobre possível filiação ao Progressistas visando a disputa eleitoral do ano que vem.

Novidade? – Como sempre acontece, na mesma entrevista Bolsonaro não deixou de elogiar a postura da ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, na conduta da pasta e também criticar o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, sobre a forma recomendada por ele no combate a pandemia. 

Bancada – Se confirmada, a ida de Jair Bolsonaro ao PP fará a bancada Progressista aumentar na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul. Coronel David, sem partido, já avisou que seguirá a trilha do presidente e, na Casa, irá somar com Evander Vendramini e a Gerson Claro. 

Possibilidade – Quem também deve acompanhar Bolsonaro no novo destino é Renan Contar. O deputado estadual do PSL já se mostrou disposto a disputar o pleito do ano que vem no mesmo partido do presidente da República.  

Mais uma – Após ter o aparelho de telefone celular clonado, o secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, voltou a ser alvo de golpistas. Desta vez ele teve o nome associado a um falso jantar organizado para arrecadar fundos para as eleições do ano que vem. Ao saber da investida dos criminosos, ele desmentiu qualquer envolvimento na ação na tarde de sexta-feira. 

Retorno – Com mais de 90% do quadro com ao menos a primeira ou dose única da vacina contra o coronavírus, a Câmara de Dourados retorna do recesso hoje com sessão presencial e abertura da Casa para público de até 70 pessoas nas galerias.

Debate – Nessas primeiras sessões, o debate deve ser direcionado ao projeto do Executivo para a taxação da coleta do lixo no município, conforme definido pelo Governo Federal dentro do Novo Marco Legal do Saneamento Básico. O prazo dado dentro da regulação era 15 de julho, podendo o gestor ser responsabilizado por renúncia de receita, caso não ocorra a cobrança. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Após barraco em comitê, deputado se retrata com candidata a vereadora
Deputado ‘briga’ com a geografia e diz que MS fica na região Sul do país
Prefeito vai a Brasília para articular Fonplata com bancada de MS
Após visita de venezuelana, embaixada do Haiti deve mandar representantes a Dourados
Ministro do Turismo vem a Dourados na quinta e participa de agenda em fazenda

Mais Lidas

DOURADOS
Morto durante o trabalho em fazenda tinha 26 anos
ACIDENTE DE TRABALHO
Maquinário cai e mata trabalhador em fazenda entre Dourados e Itahum
'AMIGÃO'
Bêbado bate carro e deixa amigo ferido em canteiro
REGIÃO
Casal precisa ser socorrido após carro quase ser "engolido" pela chuva