segunda, 22 de abril de 2024
Dourados
23ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Ex-secretário é multado pelo TCE por irregularidades na saúde

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

20 fevereiro 2024 - 00h05

Irregularidades – O ex-secretário Municipal de Saúde no governo Délia Razuk, Renato Vidigal, foi responsabilizado pelo TCE (Tribunal de Contas do Estado) por diversas irregularidades durante o exercício de 2018. A decisão ocorreu no final do ano passado e ele terá que pagar uma multa de 50 Uferms (Unidade Fiscal Estadual de Referência de Mato Grosso do Sul), equivalente ao valor de R$ 2.421. O acórdão foi publicado na edição de ontem do Diário Oficial do Tribunal. 

Irregularidades ainda – Segundo a decisão do relator Márcio Monteiro, acompanhada dos outros conselheiros, a medida acolhe manifestação da equipe de Divisão de Fiscalização de Saúde e do Ministério Público de Contas. No ano citado, a gestão Vidigal apresentou irregularidades nos balancetes mensais enviados fora do prazo, falhas na transparência, divergência entre o saldo para o exercício seguinte e a conciliação bancária, além das notas Explicativas não integradas às Demonstrações Contábeis e a ausência de ata e parecer do Conselho Municipal de Saúde.

Alvo – Renato Vidigal foi alvo da segunda fase da Operação Purificação, desencadeada pela Polícia Federal em 2019 e que investigou esquema de corrupção por suspeitas de fraudes em para aquisição de marmitas e outros serviços à Funsaud (Fundação de Saúde de Dourados). 

Sem movimento – A exemplo de outros Estados, Mato Grosso do Sul não terá manifestações pró-Bolsonaro no dia 25 de fevereiro. A ação será exclusivamente em São Paulo e deve contar com a presença de parlamentares sul-mato-grossenses que apoiam o ex-presidente. 

Costurando – O deputado federal Geraldo Resende está mesmo disposta a comprar a briga pela disputa pela prefeitura de Dourados e, mais uma vez, anunciou que é pré-candidato pelo PSDB nas eleições de outubro. Com Lia e Zé Teixeira também se posicionando desta forma e a provável chegada de Marçal Filho, fica o abacaxi para o ex-governador Reinaldo Azambuja, presidente estadual da legenda, resolver.

Retorno – Exonerada a pedido da Semas (Secretaria Municipal de Assistência Social) ontem e reassumindo o cargo de vereadora, Daniela Hall (PSD) não retomará o cargo de líder do prefeito Alan Guedes (PP) na Câmara de Dourados, porém, diz que permanece na base da atual administração “em tudo o que for bom pra população”, disse à Na Lata!. 

Rota – O presidente da Assembleia de Mato Grosso do Sul, deputado Gerson Claro (PP), oficializou ontem o nome do colega de parlamento Zeca do PT como membro titular do Legislativo para compor o Comitê Estadual da Rota Bioceânica. Junior Mochi (MDB), será o suplente. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Desafio no MDB; busca por unidade tucana e encontro municipalista na capital

Deputado ‘printa’ tela de votação e diz que vai pedir para União não ajudar Campo Grande

Renato Câmara sai animado de encontro com Baleia Rossi e não descarta candidatura

Esquema montado para receber governador intrigou populares

Decisão do estadual vira assunto até em sessão da Câmara de Dourados

Mais Lidas

COTAÇÃO

Soja segue em destaque no mercado do agro em Dourados, confira cotação

DOURADOS

Jovem morre a caminho de hospital após ser atingido por facada no abdômen

DOURADOS

Justiça manda arquivar processo de improbidade contra envolvidos na Operação Pregão

DOURADOS 

Jovem é estuprada após ser abordada por desconhecido em Saveiro branco