Menu
Busca sábado, 27 de novembro de 2021
Dourados
35°max
19°min
Campo Grande
32°max
21°min
Três Lagoas
35°max
22°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Empréstimo milionário começa a ser analisado essa semana pela União

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

18 outubro 2021 - 00h05

Debate – Após liberar praticamente todas as medidas restritivas de combate ao coronavírus, o Governo do Estado deve avaliar até a próxima semana a possibilidade de retirar a obrigatoriedade do uso de máscaras em locais abertos, como se isso não estivesse ocorrendo há meses. 

Volta – A Câmara de Dourados volta a ter sessão nesta segunda-feira após quase duas semanas. Por conta do ‘feriadão’, a Mesa Diretora antecipou o encontro que ocorreria no dia 11 para o dia 6 de outubro. 

Investigação – O vereador Rogério Yuri (PSDB), relator da comissão processante que apura quebra de decoro parlamentar contra o colega de Casa, Diogo Castilho (DEM), acusado de violência doméstica, vai correr contra o tempo para finalizar o relatório das investigações antes do recesso parlamentar, normalmente iniciado em 20 de dezembro. 

Fundo – A proposta apresentada por Dourados para conseguir empréstimos de até 40 milhões de dólares junto ao Fonplata (Fundo Financeiro para Desenvolvimento da Bacia do Prata), será analisado pelo Ministério da Economia na sexta-feira. 

Tramitação – Na pasta, será estudado pelo Cofiex (Comissão de Financiamentos Externos) e depois segue para a Casa Civil. Por último, passará pelo Senado, onde a administração municipal já teria conversado com a bancada sul-mato-grossense visando a aprovação do empréstimo. 

Articulação – Na Casa Civil, o prefeito Alan Guedes teria aliado de peso para aprovação do financiamento, o ministro Ciro Nogueira, do mesmo partido do chefe do Executivo municipal. 

Falhou – Durante a entrega da peça orçamentária à Câmara, na sexta-feira pela manhã, o prefeito Alan Guedes tirou onda com o presidente do Legislativo, Laudir Munaretto (MDB). Ao pegar uma caneta ‘de patrão’ das mãos do parlamentar que não funcionava, Guedes pediu uma ‘bic’. “Me passa uma ‘bic’, porque essa aqui não está me entendendo. Caneta chique do Laudir. Mas essas que não falam português, às vezes falham”, disse. 

*Colaborou André Bento

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bolsonaro é aguardado para agenda em MS no próximo mês
Com mudança no regimento, concessionária pode ser convocada a explicar parquímetro na Câmara
Testemunhas de processante serão ouvidas hoje na Câmara
Após acordo, MPE deve arquivar denúncia contra servidores que furaram fila de vacina
Sem representantes no Congresso, Dourados fica com o ‘cheiro’ de emendas impositivas

Mais Lidas

ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Jovem é preso após manter relacionamento com menina de 11 anos em Dourados
DOURADOS
Menina diz que mantinha relações sexuais com acusado de estupro desde os 10 anos
AÇÃO CONJUNTA
Dourados terá operação 'Lei Seca' para conter bebedeira no trânsito após final da Libertadores
DOURADOS
Acusado de estupro tem prisão preventiva decretada e é transferido para a PED