Menu
Busca quarta, 21 de abril de 2021
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Em três meses, Câmara tem mudanças na composição de blocos

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

06 abril 2021 - 00h05

Volta – Após a suspensão dos trabalhos internos, os deputados estaduais voltam hoje às atividades com restrições. O atendimento ao público continua vetado na Assembleia Legislativa como forma de prevenção a pandemia do coronavírus e as sessões ocorrem de forma mista (presencial ou virtual).

Quarentena – O vereador Olavo Sul (MDB) voltou ontem aos trabalhos na Câmara de Dourados após duas semanas de isolamento social por ter testado positivo para o coronavírus. O primeiro ato do parlamentar ao chegar no Legislativo foi assinar a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid-19, proposta por Fábio Luis (Republicanos) que apura como foram usados recursos da pandemia repassados à administração municipal no ano passado. 

Mudanças – A movimentação nos blocos da Câmara ocorre antes mesmos dos 100 primeiros dias de mandato da atual legislatura. Pelo menos três integrantes [Lia Nogueira (PP), Marcelo Mourão e Fábio Luis] do chamado ‘Legislativo Forte’, composto antes por sete parlamentares, anunciaram a saída na sessão da tarde de ontem. 

Independente – Lia e Fábio farão parte do chamado ‘bloco independente’ junto dos quatro vereadores do DEM: Juscelino Cabral, Márcio Pudim, Creusimar Barbosa e Diogo Castilho. 

Cristão – Já Sérgio Nogueira (PSDB) anunciou a saída do ‘Legislativo Cristão’ também ontem a tarde para a criação da ‘Frente Parlamentar Cristã’, que deverá contar ainda com Maurício Lemes (PSB), Cemar Arnal (Solidariedade) e Daniel Júnior (Patriota). 

Relatora – Integrante de confiança do gabinete da prefeita Délia Razuk (sem partido) antes de ser eleita, a vereadora Liandra Brambilla (PTB) será a relatora da CPI da Covid, que será presidida por Fábio Luis (Republicanos) e terá Diogo Castilho (DEM) como membro. 

Vacina – Cobrança ‘indireta’ do secretário de Estado de Saúde, Geraldo Resende, surtiu efeito e Dourados conseguiu avançar no número de pessoas que receberam a primeira dose da vacina contra a Covid-19. Só no ‘Dia D’, foram mais de 3,2 mil moradores da cidade recebendo o imunizante, somando até o momento 33,2 mil.  

Dose – O presidente da Assembleia Legislativa de MS, deputado Paulo Corrêa (PSDB), comemorou via redes sociais na tarde de ontem ter recebido a primeira dose da vacina contra a Covid, em Campo Grande. 

Relato - "Vacinado! Hoje eu tive essa grande felicidade de tomar a primeira dose da vacina contra esse vírus que levou tantas vidas, acordei bem cedo e vesti verde que é a cor que representa esperança. Esperança e fé nos dias melhores que virão. Em breve teremos toda a nossa população vacinada!”, publicou o parlamentar de 63 anos que já contraiu a doença no ano passado.  

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

CPI da Covid terá que ‘correr contra o tempo’ para análise de documentos e oitivas
‘Costura’ pelo governo começa a ganhar forma para as eleições de 22
Ex-deputado que perdeu eleição em 2020 deixa hospital após quase 1 mês
Deputado se irrita e fala em perseguição após proposta arquivada
Suspensão de limpeza pública traz de volta receio de douradense com mato e sujeira

Mais Lidas

DOURADOS/ITAPORÃ
Produtor rural morto em acidente na MS-156 voltava de aniversário em pesqueiro
DOURADOS
Perícia não encontra sinais de violência e morte de mulher pode ter sido por causas naturais
DOURADOS
Mãe de menor que organizou festa clandestina com mais de 40 pessoas é presa
TIRADENTES
Comércio, vacinação e bancos; veja o que funciona no feriado em Dourados