quarta, 06 de julho de 2022
Dourados
31°max
14°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Deputados querem que corregedoria avalie cena de ‘bangue-bangue’ protagonizada em sessão da Assembleia

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

19 maio 2022 - 00h04

Mudança – O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) disse ontem em Dourados que a troca realizada na Secretaria de Estado de Fazenda foi um ajuste interno e pedido do próprio secretário-adjunto e até então interino na pasta, Lauri Luiz Kener. No lugar dele foi nomeado Luiz Renato Adler Ralho. 

Cívico – Ao entregar as novas instalações da Guarda Mirim no município, o governador também se comprometeu a buscar junto ao presidente Jair Bolsonaro (PL), uma forma de transformar o local nos moldes das novas escolas Cívico-Militar implantadas pelo Governo Federal. 

Força – Pré-candidato a reeleição na Assembleia Legislativa, o deputado estadual Barbosinha (PP) cobrou uma reflexão da população douradense para que o município consiga eleger um deputado federal que represente o município e a região da Grande Dourados em Brasília (DF). O último parlamentar eleito com domicílio eleitoral na cidade foi Geraldo Resende (PSDB) que esteve a frente do mandato entre 2015 e 2018.

Polêmica – A cena de ‘bangue-bangue’ transmitida ao vivo pelo deputado estadual João Henrique Catan (PL) na sessão de terça-feira da Assembleia Legislativa não passou em branco na manhã de ontem. O parlamentar foi criticado duramente pelos colegas de parlamento Amarildo Cruz e Pedro Kemp, do PT. 

Decoro – Ambos pediram para que a Mesa Diretora se posicionasse sobre o caso e acionasse a corregedoria da Casa para investigar se a atitude de Catan não é considerada quebra de decoro parlamentar. Na manhã de terça, ao votar projeto que reconhece risco à atividade de atirador esportivo, o deputado que é um dos autores da proposta, apareceu numa espécie de clube de tiro e descarregou arma contra um alvo contendo o símbolo do comunismo. 

Sobrou... – Um dos mais indignados com a atitude do colega atirador, o petista Pedro Kemp ‘disparou’ falas cobrando Catan. No meio do discurso, sobrou até para o avô dele, ex-governador Marcelo Miranda, que ocupou cargo de chefia no DNIT no Estado durante o mandato do ex-presidente Lula (PT). “Seu avô era comunista quando foi nomeado no governo Lula?”. Kemp não parou e lembrou sobre atrasos nos salários do funcionalismo público sul-mato-grossense quando Marcelo Miranda comandava o Executivo estadual, deixando o clima pesado na Casa. 

Presencial – Aliás, já existe na Assembleia uma pressão de alguns deputados para a retomada das sessões 100% presenciais, porém, ela ainda encontra forte resistência devido principalmente a chegada da campanha eleitoral e a possibilidade de, com os encontros híbridos, os parlamentares possuírem mais liberdade para percorrer o Estado durante a semana, participando de forma virtual dos trabalhos. 

Segurança – Já adquiridos, o helicóptero e escada magirus serão entregues à segurança pública em Dourados nos próximos meses. Ontem, o governador Reinaldo Azambuja assinou a ordem de serviço para a construção do heliponto na nova sede do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) que será entregue ainda este ano. 

*Colaboraram Gizele Almeida e Hedio Fazan

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Para não votar projeto LGBTQIA+ em Dourados, vereadores deixam sessão

Com fim da intervenção, ex-reitora lamenta não empossar eleito pela comunidade acadêmica

Com limite para definições se aproximando, movimentação para alianças ainda é morna em MS

Em recado a pré-candidatos ‘da direita’ em MS, Bolsonaro fala em união

Bolsonaro diz que vai levar Tereza Cristina para passear de moto na Capital

Mais Lidas

DOURADOS

Cinco professores estavam em veículo que se envolveu em acidente no Itahum

DOURADOS

Prefeitura abre concurso com quase 60 vagas com salários que chegam a R$ 8,3 mil

DOURADOS

Cantor é outro envolvido em acidente que deixou feridos entre Dourados e Itahum

CRIME PASSIONAL

Autor de homicídio no Flórida se passou pela própria esposa para atrair vítima e cometer o crime