Menu
Busca quarta, 20 de outubro de 2021
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Deputado não descarta seguir ministra em possível mudança de partido

24 setembro 2021 - 00h04

Câmaras – A eleição da UCVMS (União das Câmaras de Vereadores de Mato Grosso do Sul) terminou com a vitória da chapa formada pelo vereador Jeovani Vieira dos Santos, de Jateí, tendo como vice o parlamentar douradense Sérgio Nogueira (PSDB). 

Provocação – Após bate-boca protagonizado na semana passada, os deputados Coronel David (sem partido) e Pedro Kemp (PT) voltaram a se provocar na sessão de ontem da Assembleia Legislativa de MS. Ao discursar, o petista disse que não comentaria sobre pesquisas recentes que colocam Lula na frente de Bolsonaro nas eleições. David respondeu ao colega fazendo sinal de choro, arrancando risadas dos parlamentares presentes. 

Acompanha – O deputado estadual Zé Teixeira (DEM) não garante a permanência no DEM para as eleições do ano que vem. Durante evento em Laguna Carapã na manhã de ontem, ele deixou no ar a possibilidade de seguir a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, caso ela realmente saia da legenda. 

Possibilidade – Além do desejo de acompanhar o presidente Jair Bolsonaro (sem partido), a provável fusão entre DEM e PSL seria uma das situações que levariam a ministra a deixar a sigla, já que a senadora Soraya Thronicke (PSL) apresentou desejo de comandar a nova legenda. 

Governo – Presidente do MDB em Dourados, o deputado estadual Renato Câmara (MDB) disse que a direção local do partido enxerga com bons olhos a candidatura do ex-governador André Puccinelli (MDB) ao Executivo estadual no ano que vem. Outro nome bastante falado na legenda, porém, ainda não colocado oficialmente como pré-candidatura é o da senadora Simone Tebet (MDB). 
 
Foragido – Até a noite de ontem, o ex-prefeito de Maracaju, Maurílio Ferreira Azambuja (MDB), continuava foragido. Ele é um dos alvos da Operação Dark Money, desencadeada na quarta-feira no município, suspeito de participar de esquema de corrupção que teria desviado R$ 23 milhões dos cofres daquela cidade. 

Golpe – O vereador Marcelo Mourão (Podemos) fez alerta nas redes sociais na tarde de ontem para informar a existência de pessoas se passando por ele em aplicativo de mensagem no intuito de arrecadar dinheiro. “Não caia em golpe! Não troquei de telefone e não utilizo outro número!”, escreveu. 

*Colaborou Gizele Almeida

Deixe seu Comentário

Leia Também

Deputado critica sessão online ao falar para poucos colegas
Vereador afastado e alvo de processante vai à Câmara durante sessão
Empréstimo milionário começa a ser analisado essa semana pela União
CPI que começou em 2019 na Assembleia, será retomada na próxima semana
Câmara abre licitação para produzir conteúdo e ter "canal de TV"

Mais Lidas

RIO BRILHANTE
Mulher é presa após se masturbar em praça pública
LEGISLATIVO
Em Dourados, projeto quer criar Dia Municipal do Torcedor Flamenguista
CAPTURA
Cobra é capturada em para-choque de carro na região central de Dourados
DOURADOS
Preso por violência doméstica passa por audiência de custódia e tem preventiva decretada