domingo, 21 de abril de 2024
Dourados
25ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Deputado fica 'bicudo' com agressividade tucana na política sul-mato-grossense

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

03 abril 2024 - 00h04

Filiações – Possíveis rivais nas eleições pela prefeitura de Dourados, Progressistas e PSDB vão encerrar a janela partidária como as maiores bancadas na Câmara de Vereadores local. O período de mudança sem implicar na perda do mandato termina na sexta-feira. 

Ato – Na quinta à noite, na sede campestre do Clube Nipo Brasileiro, no Jardim Florida, o Progressistas realiza ato de filiação. Com a presença da senadora Tereza Cristina e do prefeito Alan Guedes, a legenda passará a contar com o atual líder do prefeito na Casa, Sérgio Nogueira, além de Daniel Júnior e Cemar Arnal, atualmente no Patriota Solidariedade, respectivamente. 

Possibilidade - Nomes como o da vereadora Daniela Hall e Marcão da Sepriva também podem chegar ao partido, elevando o número de integrantes para cinco. O PSDB atualmente possui seis cadeiras na Casa de Leis, porém, com a saída de Sérgio, passará a contar contará com cinco. 

Fichas – Após se encontrar com o presidente nacional do PSD, Gilberto Kassab, e passar a fazer parte da legenda comandando o diretório em Dourados, o vice-governador Barbosinha começou a recrutar aliados para ingressas as fileiras do partido. Na noite de segunda-feira ele abonou algumas fichas de filiação já pensando no time que montará para as eleições municipais.  

Incompatível – Ainda indeciso pela participação ou não na disputa pelo Executivo, Barbosinha fez questão de deixar claro que não caminhará com o antigo partido, o PP, que terá Alan Guedes como nome em busca da reeleição nas eleições de outubro. O vice-governador afirmou que os projetos são ‘incompatíveis’. 

Criticou – O tom agressivo do PSDB desde que o ex-governador Reinaldo Azambuja assumiu a presidência do partido em Mato Grosso do Sul tem incomodado algumas lideranças estaduais de outras siglas partidárias. Ontem, o deputado estadual Zeca do PT demonstrou irritação com a situação a ponto de tornar público o seu descontentamento durante sessão da Assembleia Legislativa. 

Bicudo – “Bem que o Lula falou lá atrás, que tucano gosta de fuçar no ninho dos outros para comer os filhotes”. Em seguida, o parlamentar disse que iniciará um enfrentamento com o partido rival. “Nada contra o PSDB, mas contra a política absoluta que querem implantar nesse Estado”, disse. 

Ampliando – Desde que assumiu o tucanato estadual, Reinaldo tem conseguido ampliar o número de filiados ao ponto de governar mais de 50, dos 79 municípios sul-mato-grossenses. Em Dourados dois vereadores que estavam em outras legendas passaram a integrar o PSDB há poucos dias: Tânia Cristina e Liandra Brambilla, além do radialista Marçal Filho, que deixou o PP para ser o pré-candidato peessedebista à prefeitura. 

Oficializou – Depois de muito embate interno, o União Brasil oficializou a pré-candidatura da ex-deputada federal e atual superintendente do Sudeco (Superintendência de Desenvolvimento do Centro-Oeste), Rose Modesto, à prefeitura de Campo Grande. Ela deve deixar a função que exerce atualmente até o início de junho. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Deputado ‘printa’ tela de votação e diz que vai pedir para União não ajudar Campo Grande

Renato Câmara sai animado de encontro com Baleia Rossi e não descarta candidatura

Esquema montado para receber governador intrigou populares

Decisão do estadual vira assunto até em sessão da Câmara de Dourados

Visita de Lula ao MS teve proposta de sociedade, cobrança direta e o famoso ‘do Sul’

Mais Lidas

COTAÇÃO

Soja segue em destaque no mercado do agro em Dourados, confira cotação

DOURADOS

Jovem morre a caminho de hospital após ser atingido por facada no abdômen

DOURADOS

Justiça manda arquivar processo de improbidade contra envolvidos na Operação Pregão

DOURADOS 

Jovem é estuprada após ser abordada por desconhecido em Saveiro branco