Menu
Busca sábado, 06 de março de 2021
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Deputado de MS chama Daniel Silveira de canalha, mas vota pela liberdade dele

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

22 fevereiro 2021 - 00h05

Liderança – Próximo de completar um mês da abertura dos trabalhos legislativos, ainda não foi definido o líder do prefeito Alan Guedes (Progressistas) na Câmara de Vereadores. Nomes como de Daniela Hall (PSD) e Fábio Luiz (Republicanos) são cotados para a função. 

Calmaria – Também não há ainda qualquer oposição aos trabalhos da atual administração. Nas sessões, é visível a intenção dos parlamentares, ao menos até que se complete os 100 primeiros dias de trabalho do novo gestor, em alinhar as demandas para tirar a cidade do aparente abandono deixado pela administração passada.

Reforma – Expectativa para o anúncio dos nomes que vão compor o primeiro escalão do governo Reinaldo Azambuja (PSDB) nos próximos dois anos. O anúncio da ‘mini-reforma’ administrativa está agendado para a manhã desta segunda-feira na Governadoria. 

Trocas – As principais mudanças, segundo o secretário de Articulação Política e presidente do PSDB em Mato Grosso do Sul, Sérgio de Paula, devem ocorrer nas secretarias de Governo e Infraestrutura. 

Paternidade – Faltou dinheiro para o número de ‘pais’ que se autodeclararam responsáveis em articular os R$ 9,2 milhões destinados pelo governo do Estado à saúde pública de Dourados.  

No fim – Ao chegar já no encerramento do ato que simbolizou o repasse do Estado à prefeitura, na tarde de sexta-feira, o vereador Daniel Junior (Patriota) procurou o prefeito Alan Guedes (Progressistas) para ‘se desculpar’, alegando outros compromissos no mesmo horário. 

Pesou – O deputado estadual Barbosinha (DEM) não poupou crítica a gestão Délia Razuk (sem partido) durante discurso na tarde de sexta, na prefeitura de Dourados. Ao classificar a cidade como ‘esfacelada, destruída, acabada e sem gestão’, o parlamentar aproveitou para mandar recado ao prefeito Alan Guedes. “(a reconstrução) não é para uma pessoa só, é um desafio que vai exigir muito de todos”. 

Xingamento – Ao anunciar que votaria contra a manutenção da prisão do deputado federal Daniel Silveira (PSL/RJ), o parlamentar sul-mato-grossense Loester Trutis (PSL), chamou o colega de ‘canalha’ em redes sociais. Ele lembrou de uma edição de vídeo feita por Silveira o envolvendo. 

*Colaborou Gizele Almeida

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Em Dourados, secretária do governo federal ‘escorrega’ na geografia
Ministro deve desembarcar em Dourados para entrega de prédio anexo ao HU
Nome divulgado antes do ‘sim’ pesou na negativa de Mourão como vice-líder
Classe política precisa se movimentar para Dourados não perder ferrovia
Governo começa a ‘apresentar’ novo secretário

Mais Lidas

PONTA PORÃ
Casal é assassinado na fronteira e corpos são deixados um ao lado do outro
EXECUÇÃO
Executado na fronteira era publicitário e morador em Dourados
DIÁRIO OFICIAL
Guarda municipal de Dourados condenado por tráfico em SP é demitido
MATO GROSSO DO SUL
Ministro da Justiça lamenta morte de coronel Adib e posta foto antiga do GOF