quarta, 25 de maio de 2022
São Paulo
23°max
11°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Defensor do impeachment de Dilma, Marun diz que votaria em Lula no 2º turno com Bolsonaro

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

30 dezembro 2021 - 00h04

Sossego – Como ocorre na semana que antecede a virada de ano, Dourados está praticamente ‘vazia’. O tráfego de veículos em ruas e avenidas mostra calmaria, enquanto vários setores do comércio apresentam movimentação bem abaixo do habitual. 

Retrospectiva – Desde o início da última semana de 2021, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) tem usado as redes sociais para relembrar algumas ações de governo ao longo do ano. Ontem, por exemplo, trouxe à tona o anúncio da retomada das cirurgias eletivas, paralisadas desde o início da pandemia do coronavírus.

Legislativo – Ocupando o cargo de vice-presidente interino da Mesa Diretora da Assembleia Legislativa desde a saída de Eduardo Rocha (MDB) para o governo, o deputado estadual Neno Razuk (PTB) pode ser eleito definitivamente à função. A eleição que escolherá o novo nome está agendada para março e o petebista teria voto suficiente para se manter. 

Voto – Ex-ministro de Michel Temer (MDB) e ex-deputado federal por Mato Grosso do Sul, Carlos Marun revelou em conversa num grupo de whatsapp que votaria em Lula para a presidência da República em 2022, caso a polarização da disputa com o atual presidente Jair Bolsonaro (PL) se concretize no 2º turno. A informação foi publicada pela jornalista Mônica Bergamo, na Folha de São Paulo de ontem. 

Nomeado – Logo após deixar o governo Temer, no final de 2018, Marun chegou a ser indicado e nomeado pelo ex-presidente como conselheiro da Itaipu Binacional, tempos depois foi afastado e depois de imbróglio, reconduzido ao cargo por Jair Bolsonaro, que o exonerou em maio desse ano. 

Congresso – Atual servidor na Assembleia Legislativa de MS, o ex-deputado também foi um dos maiores defensores do impeachment da presidente petista Dilma Rousseff (PT) em 2016, quando ocupava cargo no parlamento. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Prefeito que levou esposa à excursão com dinheiro público terá que devolver valores

Desistência de Doria à presidência deixa palanque tucano ‘livre’ para Bolsonaro em MS

Prefeito anunciará nome de adjunto e novas mudanças nos próximos dias

Alegando fazer política, pré-candidato ‘atropela’ e leva governador para passear

Deputados querem que corregedoria avalie cena de ‘bangue-bangue’ protagonizada em sessão da Assembleia

Mais Lidas

TRAGÉDIA

Homem morre e outro fica ferido em estado grave após acidente na Marcelino

DOURADOS

Vídeo mostra momento da colisão que terminou com morte de motociclista

MARCELINO PIRES

Vítima de acidente tinha 33 anos e era sargento na Venezuela antes de se mudar para Dourados

DOURADOS

Segunda vítima de acidente na Marcelino Pires morre no Hospital da Vida