quinta, 23 de maio de 2024
Dourados
33ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Decisão do estadual vira assunto até em sessão da Câmara de Dourados

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

16 abril 2024 - 00h05

Plantões – Os cartórios eleitorais espalhados por Mato Grosso do Sul farão plantões a partir do próximo final de semana para atender e regularizar o maior número possível de títulos dos eleitores. A data limite para a população arrumar a situação e poder votar no pleito de outubro, é 8 de maio. 

Horários – Nos dias 20 e 27 de abril e 1º, 4 e 5 de maio, os cartórios funcionarão das 8h e 13h. Já na reta final do prazo de regulamentação, entre 29 de abril e 8 de maio, eles funcionarão das 8h às 18h. 

Rescaldo – Um fato chamou atenção de algumas pessoas durante agenda do presidente Lula em Mato Grosso do Sul. 

Rescaldo 2 - Nas postagens feitas nas redes sociais, em nenhum momento o governador Eduardo Riedel (PSDB) aparece junto ao petista. Tal situação abriu margem para uma série de interpretações, entre elas, a existência do receio de ter a imagem ‘colada’ ao atual presidente em um Estado onde o ‘bolsonarismo’ é muito forte. 

Arquibancada – São-paulino ‘doente’, o prefeito Alan Guedes (PP) chegou ao Douradão na tarde de domingo bem antes do início da partida entre DAC e Operário, pela decisão do Estadual. O chefe do Executivo aproveitou a fila para conversar com populares e depois assistiu ao jogo na parte alta das cadeiras ao lado do pai Eudélio Mendonça. 

Sem pulinhos – Desta vez, apesar da vitória da equipe douradense, a credenciando a jogar pelo empate no domingo que vem para ficar com o título inédito, o prefeito não arriscou a comemoração com os jogadores no vestiário como fez na semana passada, quando ensaiou até uns pulinhos. 

Repercussão – A decisão do estadual também pautou por alguns instantes a sessão da Câmara de Dourados ontem. Marcelo Mourão (PL), Rogério Yuri (PSDB) e Juscelino Cabral (PSDB), comentaram sobre a festa realizada pela torcida no Douradão. Yuri ainda pediu uma força-tarefa para que no próximo ano outros setores do estádio sejam liberados, principalmente porque o time local disputará a Copa do Brasil.  

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Divergências de pré-candidaturas; Gaeco "de olho" no futebol estadual e MS Day na China

Vereador que denunciou colega por fala homofóbica já foi alvo de processo na Câmara

Polêmica, retornos e prazo para ‘jogo’ acabar

MPMS faz recomendação a prefeito para não contratar ‘amigos’ para festas do Município

‘Vaquinha’ autorizada; encontro do PT e denúncia sobre uso de recursos públicos

Mais Lidas

R$ 37 MILHÕES

Empresa é contratada para prolongar avenida do Centro até parque público de Dourados

BR-463

Douradense é preso com drogas em carro de luxo

REGIÃO 

Empresários são detidos por desvio de energia elétrica após operação do SIG

ITAPORÃ

Funcionário de fazenda morre durante manutenção em silo