Menu
Busca quarta, 12 de maio de 2021
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

CPI da Covid terá que ‘correr contra o tempo’ para análise de documentos e oitivas

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

20 abril 2021 - 00h04

Pool – Apesar da dependência financeira da União, os Estados têm buscado cada vez mais se fortalecerem entre si em relação a medidas que possam garantir doses de imunizantes contra o coronavírus. No final de semana, todos os governadores encaminharam carta à ONU e OMS solicitando ajuda humanitária e ampliação da vacinação contra o coronavírus no País. 

Articulação – Entre os cinco pedidos feitos pelos governadores, chama atenção o de mediação das duas Organizações com a China, para que seja antecipada a entrega de insumos para a fabricação de 10 milhões de doses de Coronavac pelo Instituto Butatan. Apesar de um dos maiores compradores de matéria prima do Brasil, o país asiático é constantemente ‘atacado’ vias redes sociais por apoiadores de Jair Bolsonaro (sem partido), no que diz respeito a política daquele território. 

Aulas – Com a possibilidade de retomada das aulas híbridas nas redes municipais de ensino de Jateí e Vicentina, o MPE (Ministério Público Estadual) instaurou dois procedimentos administrativos para acompanhar as medidas. O órgão oficiou as administrações das duas cidades a apresentarem planos de aquisição de materiais de biossegurança necessários para que ocorra a segurança necessária dos alunos e educadores. 

Prosseguir – As duas cidades estão classificadas como ‘bandeira laranja’ (grau médio) no Prosseguir, ferramenta usada pelo Governo do Estado para avaliar os riscos de contágio do coronavírus em Mato Grosso do Sul. Desde o início da pandemia, uma pessoa morreu em Jateí em decorrência da doença e outras 11 em Vicentina, segundo o boletim epidemiológico mais recente divulgado pela SES (Secretaria de Estado de Saúde), ontem. 

Golpe – O MPE também se tornou alvo de golpistas e instaurou procedimento administrativo na semana passada para investigar o caso. Através da Portaria nº 0021/2021/ASSEP2/PFJ, o Procurador-Geral de Justiça, Alexandre Magno Benites Lacerda determinou o encaminhamento de um ofício-circular aos promotores, para que eles informem às respectivas Câmaras de Vereadores e prefeituras de que o órgão não realiza contatos oficiais por meio do WhatsApp.

CPI – Calhamaço com 5 mil folhas foi entregue pela Secretaria Municipal de Governo de Dourados aos vereadores que integram a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid para início dos trabalhos para apurar como foi usado o dinheiro encaminhado pela União no município no ano passado, ainda no mandato Délia Razuk (sem partido).

Prazo – Resta saber se o grupo composto pelo presidente da Comissão Fábio Luis (Republicanos), o relator Sérgio Nogueira (PSDB) e Diogo Castilho (DEM), conseguirá entregar o relatório após análise dos documentos e realização das oitivas, dentro do prazo estipulado pela Câmara de Dourados, que é de 60 dias a contar de 8 de abril.

Enquete – Maioria dos leitores que responderam enquete proposta pelo Dourados News gostou das alterações do Código Brasileiro de Trânsito, em vigor desde a semana passada no país. A opção foi escolhida por 57,26% dos 124 votantes, enquanto 42,74% não acharam boas as novas medidas. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Adjunto completa dois meses como ‘tampão’ na Saúde de Dourados
Vereador diz que “não toca mandato pela internet” e gera polêmica na Câmara
Câmara oficializa mais uma Frente Parlamentar: a "Cristã"
Aliada de Bolsonaro critica fala de senadora de MS na CPI da Covid
Direcionamento de pacientes da UPA para HV gera crise entre médicos

Mais Lidas

PANDEMIA
Levado pela Covid-19, "João da União" deixa legado para família e em Dourados
INDÁPOLIS
'Frio' e com roupa ainda suja de sangue, assassino de tio não mostrou arrependimento ao ser preso
DOURADOS
Homem morre no HV após acidente com condutor que empinava moto
PANDEMIA
Novo decreto mantém toque de recolher às 21h e autoriza abertura de cinema em Dourados