Menu
Busca sexta, 14 de agosto de 2020
(67) 99659-5905
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Com vice decorativo, Délia despacha de casa enquanto se recupera da Covid

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

17 julho 2020 - 00h04

Mais um – O ex-senador Delcídio do Amaral (PTB) é mais um a testar positivo para o coronavírus. Pelas redes sociais, ele confirmou a doença e alegou estar bem, cumprindo isolamento domiciliar em Campo Grande. 

Trio – Aliás, o PTB teve três das principais lideranças atingidas pela doença, que já matou 191 em Mato Grosso do Sul até ontem, conforme dados da SES (Secretaria de Estado de Saúde). Além do ex-parlamentar, o deputado estadual Neno Razuk e a mãe dele, prefeita de Dourados, Délia Razuk, também estão em isolamento pela Covid-19.

Em casa – Com a figura apenas decorativa do vice-prefeito Marisvaldo Zeuli, que sequer aparece no gabinete, e a suspensão imposta pela Justiça ao procurador-Geral do Município, Sérgio Henrique Martins Araújo, alvo da Operação Contágio na quarta-feira, Délia será obrigada a despachar da casa onde reside nos próximos dias. 

Ato – Em meio a decretos limitando setores do comércio, grupo aproveitou a visita do Gaeco na prefeitura no final da manhã de quarta-feira para cobrar o poder público sobre o uso correto dos recursos destinados à Covid-19 em Dourados. 

Sigilo – Processo originário da Operação Contágio foi colocado em sigilo pela Justiça sul-mato-grossense. Já o Inquérito que tramita no Ministério Público Estadual, que deu início às investigações, não aponta movimentações recentes. 

Prazo – Expectativa da classe empresarial e líderes religiosos hoje é pela decisão da prefeitura em relação ao decreto que restringe os horários de atendimento ao comércio em Dourados e estabelece medidas para as atividades religiosas no município.

Café – Colegas de parlamento e ‘separados’ pela Covid desde que as sessões passaram a ser remotas, os deputados estaduais Zé Teixeira (DEM) e Evander Vendramini (PP) combinavam um café em Dourados nesta sexta, quando o Progressista encerra sua agenda no município, iniciada ontem. 

Silêncio – Diante do silêncio intencional por parte da administração municipal em relação a Operação Contágio, o deputado estadual Barbosinha (DEM) cobrou posicionamento da prefeitura de Dourados na sessão de ontem da Assembleia. 

Informativa – Depois de tanta cobrança e quase 30h após o início da operação do Gaeco, a prefeitura, enfim, divulgou uma ‘nota informativa, de poucas linhas, apenas para dizer que auxiliará nas investigações. 

Pausa Na Lata! dá uma pausa e para por alguns dias, retomando em breve.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Conselho dá 10 dias para manifestação antes de arquivar caso ‘empenha 200 contos’
Além de secretariado, troca de líderes na Câmara é algo comum na atual gestão
Troca do secretariado de Délia evidencia ciranda de nomes em várias funções
Com "trocas relâmpago", Délia tem 5º secretário de saúde em menos de 4 anos
Dois anos após greve dos caminhoneiros, postos ainda são alvos do MPE em Dourados

Mais Lidas

DOURADOS
Preso no Ipê Roxo era investigado desde fevereiro por estupro do sobrinho
VIDA NOTURNA
“Estão passando fome”: profissionais do sexo sofrem com a pandemia em Dourados
DOURADOS
Com gritos de "pega ladrão", grupo é flagrado furtando carro no Jardim Paulista
DOURADOS
Decreto deve autorizar volta de cursos profissionalizantes e atividades práticas de universidades