Menu
Busca quarta, 01 de abril de 2020
(67) 9860-3221
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Com pelo menos 30 mil eleitores a menos, eleição vira “jogo de xadrez” em Dourados

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

19 março 2020 - 00h04

Contraste – O esvaziamento das ruas motivados pelo fechamento de escolas e de algumas medidas tomadas pelo poder público em precaução a pandemia do coronavírus, contrasta, em Dourados, com supermercados lotados de clientes e carrinhos cheios de mercadorias, muitas para serem estocadas. 

Básico – O medo injustificável dessa fatia da sociedade já começa a deixar algumas prateleiras vazias e, consequentemente, outras pessoas sem produtos essenciais. É necessário maior conscientização e bom-senso ao próximo, evitando o aumento do pânico em relação a doença.

Sanção – Após aprovação do projeto na Assembleia Legislativa, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) sancionou a Lei 5.494 de 17 de março de 2020, denominando Olga Castoldi Parizotto o Hospital Regional de Dourados, que tem sua obra evoluindo a passos de tartaruga. 

Brasileiro – A antecipação do prazo para o cadastramento biométrico levou multidão aos cartórios eleitorais de Dourados na manhã de ontem, causando pequeno tumulto àqueles que ainda tentavam realizar a medida sem ter feito o agendamento prévio. 

Queda – Com a projeção da justiça eleitoral de pelo menos 30 mil pessoas sem cadastramento biométrico e impossibilitadas de votar nas eleições de outubro, somada a alta taxa de abstenção dos últimos pleitos em Dourados, candidatos à prefeitura e Câmara terão que traçar uma boa estratégia para não ‘atirar no escuro’ durante a campanha. 

Números  - Se antes eram aguardadas 160 mil pessoas aptas a votar, hoje essa projeção não deve ultrapassar 130 mil, queda aproximada de 20%, número que faz muita diferença nas urnas. 

Análise – Como num verdadeiro jogo de xadrez, as equipes contratadas por esses postulantes deverão analisar a fundo as regiões onde o eleitorado ‘desaparecerá’ e mapear pontos específicos para alcançar o maior número de voto útil.  

Curto – O período menor de campanha também será uma dificuldade maior para quem entrar na disputa e dependendo da quantidade de candidatos concorrendo aos cargos, cada voto terá peso de ouro no município.  

Suspenso – Como já era de se esperar em decorrência do coronavírus, a CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) investigando supostas irregularidades nas cobranças das contas de energia em Mato Grosso do Sul, teve as atividades paralisadas por 15 dias, mesmo período que a Assembleia Legislativa ficará fechada. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Réu em processo e no grupo de risco do coronavírus, vereador é autorizado a se isolar em fazenda
Marçal deve ser candidato do governo à prefeitura e abrir brecha para 3º deputado do DEM na AL
Prefeitura não vai penalizar responsáveis por aglomeração em protesto
Comércio não questiona fechamento em Dourados, enquanto na Capital há pressão por abertura
Informes e coronavírus mudam rotina de assessores da prefeitura

Mais Lidas

REGIÃO
Ex-assessor de Mandetta é encontrado morto em apartamento na Capital
COVID-19
Primeiro óbito por coronavírus do Estado é registrado em Dourados
DOURADOS
Homem leva surra de populares e é detido por furtar dois veículos em Dourados
COVID-19
MS tem oito confirmações de coronavírus em 24h e suspeitos chegam a 51