Menu
Busca quarta, 04 de agosto de 2021
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Câmara prorroga mais dois meses contrato com escritório ao custo de R$ 60 mil

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

22 julho 2021 - 00h04

Nomeado – Após deixar a Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul) em abril, o ex-deputado estadual Youssif Assis Domingos foi nomeado como diretor-presidente da Fundação Estadual Jornalista Luiz Chagas de Rádio e TV Educativa de Mato Grosso do Sul. 

Mudança – O cargo era ocupado desde o final de fevereiro por Francisco Carlos Victorio da Silva, o Ico, que atua na assessoria de comunicação do Governo do Estado. A nomeação do ex-parlamentar foi publicada na edição de ontem do Diário Oficial do Estado.

Cirurgia – A autorização para retorno das cirurgias eletivas em Mato Grosso do Sul é um dos indicativos para a já anunciada volta da Caravana da Saúde. Agora, resta saber quando o governo vai utilizar a estrutura da saúde pública para a realização dos famosos mutirões para zerar a fila de espera. 

Aulas – ‘Ignorado’ por vários municípios que não cumpriram indicativo de bandeira cinza e suas restrições durante fase crítica no mês passado, o Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na Economia) é quem vai orientar a quantidade de alunos nas salas de aula no retorno da Rede Estadual de Ensino. Ao menos é o que se espera desta vez.  

Lockdown – Prosseguir a parte, a prefeitura de Chapadão do Sul, município localizado ao Norte do Estado, decretou lockdown. A cidade hoje aparece classificada no Programa Econômico na bandeira vermelha, que indica alto risco de contágio do coronavírus. 

Medidas – Por quatro dias, a começar amanhã, até mesmo os supermercados estão impedidos de funcionar no município, levando a população a ter de estocar alimentos nessas datas. Em Chapadão do Sul, 4.614 pessoas foram infectadas pela doença desde o início da pandemia e 67 morreram. 

Contrato – A Câmara de Dourados prorrogou por mais dois meses, e ao custo de R$ 60 mil, o contrato com o escritório NBM & Advogados Associados EPP, que venceu no dia 18 de julho. 

CPI - Entre os serviços prestados pela empresa, está prevista assessoria à CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) para apurar a aplicação das verbas federais destinadas à prefeitura ao longo de 2020.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Quase metade dos deputados da AL já testaram positivo para Covid
MPE abre procedimentos para acompanhar TAC’s por descumprimento de medidas restritivas
CPI da Covid 'ganha' mais quatro servidores para auxiliar força-tarefa
Uma semana após secretário, deputado também é alvo de golpistas
AL pode retomar sessões presenciais e com público em agosto

Mais Lidas

DOURADOS
Assessora vai à polícia e diz que foi ameaçada de morte por vereadora
DOURADOS
Após ideia da filha, empresária cria 'varal comunitário' para ajudar quem tem frio
MORTE A ESCLARECER 
Encontrado inconsciente em praça, idoso morre no HV após passar uma semana internado
DOURADOS 
Usuário de drogas procura delegacia após ser assaltado em boca de fumo