sábado, 13 de agosto de 2022
Dourados
30°max
13°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Bandeira cinza e novo decreto devem suspender agenda de Reinaldo em Dourados

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

28 maio 2021 - 00h04

Agenda – Ainda não foi batido o martelo sobre a vinda do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) a Dourados, na próxima terça-feira, conforme anunciado na semana passada pelos secretários Eduardo Riedel (Infraestrutura) e Sérgio de Paula (Casa Civil), dentro do Programa Governo Presente, que iniciou visitas a outras regiões do Estado.

Cinza – Atualmente a maior e mais populosa cidade do interior sul-mato-grossense se encontra classificada pelo Prosseguir em ‘bandeira cinza’ e um novo decreto com medidas mais rígidas na tentativa de frear o coronavírus, será publicado até amanhã. 

Agendas – Conforme o Governo do Estado, toda a situação envolvendo Dourados será levada em consideração para a confirmação ou não da visita, porém, isso ocorrerá apenas nos próximos dias. Ontem, o governador e sua equipe estiveram em Três Lagoas e hoje em Coxim. 

Pandemia – Enquanto a Câmara não se posiciona sobre a manutenção das atividades presenciais na fase mais crítica do coronavírus, a Casa vai contabilizando pessoas com a doença. Atualmente são seis servidores – três lotados no gabinete do vereador Marcão da Sepriva (Solidariedade) e três de setores administrativos – afastados. 

Remanejo – Como confusão pouca é bobagem, a tenda montada em frente ao Hospital da Vida mobilizou equipe do Corpo de Bombeiros para ser trocada de lugar na manhã de ontem, já que a ‘porta’ de entrada foi direcionada de forma errada, ficando frontal à unidade hospitalar. 

Trapalhada - Da mesma forma, um servidor da unidade de saúde designado para lavar a tenda não conseguiu realizar o serviço porque a mangueira não alcançava a lona, causando comentários irônicos de quem estava no HV e acompanhava a cena. 

Saúde – O cargo de diretor-técnico médico da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) está vago desde a saída de Pedro Corral Tacci Garcia do Amaral, que se desligou no dia 19 de maio, a pedido. 

*Colaborou Thalyta Andrade

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Inquérito prorrogado por 10 vezes deve ser arquivado nos próximos dias

MS tem segunda candidatura ao Governo registrada

Seleção brasileira e as eleições presidenciais

Filho ‘03’ de Bolsonaro participa de evento em Dourados

PT quer trazer Lula ao MS em setembro

Mais Lidas

TRAUMATISMO CRANIANO

Madrasta de menina de 7 anos que morreu ao dar entrada na UPA é presa em Dourados

DOURADOS

Madrasta de criança morta em UPA é encaminhada para cela da Depac

DOURADOS

Acusado de raptar a ex e trocar tiros com a polícia tem alta e é levado para delegacia

INVESTIGAÇÃO

Madrasta demorou 3h para levar menina até UPA e não há registro de acionamento no Samu