Menu
Busca terça, 15 de junho de 2021
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Bandeira cinza e novo decreto devem suspender agenda de Reinaldo em Dourados

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

28 maio 2021 - 00h04

Agenda – Ainda não foi batido o martelo sobre a vinda do governador Reinaldo Azambuja (PSDB) a Dourados, na próxima terça-feira, conforme anunciado na semana passada pelos secretários Eduardo Riedel (Infraestrutura) e Sérgio de Paula (Casa Civil), dentro do Programa Governo Presente, que iniciou visitas a outras regiões do Estado.

Cinza – Atualmente a maior e mais populosa cidade do interior sul-mato-grossense se encontra classificada pelo Prosseguir em ‘bandeira cinza’ e um novo decreto com medidas mais rígidas na tentativa de frear o coronavírus, será publicado até amanhã. 

Agendas – Conforme o Governo do Estado, toda a situação envolvendo Dourados será levada em consideração para a confirmação ou não da visita, porém, isso ocorrerá apenas nos próximos dias. Ontem, o governador e sua equipe estiveram em Três Lagoas e hoje em Coxim. 

Pandemia – Enquanto a Câmara não se posiciona sobre a manutenção das atividades presenciais na fase mais crítica do coronavírus, a Casa vai contabilizando pessoas com a doença. Atualmente são seis servidores – três lotados no gabinete do vereador Marcão da Sepriva (Solidariedade) e três de setores administrativos – afastados. 

Remanejo – Como confusão pouca é bobagem, a tenda montada em frente ao Hospital da Vida mobilizou equipe do Corpo de Bombeiros para ser trocada de lugar na manhã de ontem, já que a ‘porta’ de entrada foi direcionada de forma errada, ficando frontal à unidade hospitalar. 

Trapalhada - Da mesma forma, um servidor da unidade de saúde designado para lavar a tenda não conseguiu realizar o serviço porque a mangueira não alcançava a lona, causando comentários irônicos de quem estava no HV e acompanhava a cena. 

Saúde – O cargo de diretor-técnico médico da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) está vago desde a saída de Pedro Corral Tacci Garcia do Amaral, que se desligou no dia 19 de maio, a pedido. 

*Colaborou Thalyta Andrade

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Antes cobrado por melhor resultado, Alan agora pede mais vacinas ao Governo do Estado
Abordagem em meio a lockdown tem tentativa de 'carteirada'
Comércio pressiona Alan para flexibilizar decreto no Dia dos Namorados
Com interino há quase três meses, Secretaria terá mudança nos próximos dias
Bancada de MS no Congresso terá nova liderança a partir de agosto

Mais Lidas

DOURADOS
Defron desarticula entreposto de cocaína no Campo Dourado
REGIÃO
Homem é executado a tiros na rodoviária de Nova Alvorada do Sul
DOURADOS
Guarda encerra mais uma festa clandestina regada a álcool em meio ao lockdown
DOURADOS
Jovem é encontrado caído em via na área central e estado de saúde é grave