domingo, 23 de janeiro de 2022
Dourados
38°max
24°min
Campo Grande
35°max
23°min
Três Lagoas
39°max
24°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Assembleia tem dia de despedida e agenda posse de suplente

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

02 dezembro 2021 - 00h04

Inédito – O nome do procurador de Justiça do MPE (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul), Paulo Cezar dos Passos, foi aprovado pelo Plenário do Senado na terça-feira para compor o CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) entre os anos de 2022 e 2023. Ele será o primeiro representante do órgão no Estado para ocupar o cargo. 

Adiado – A visita dos presidentes do Paraguai e do Brasil, Mario Abdo Benítez e Jair Bolsonaro, respectivamente, na região de fronteira para o lançamento da pedra fundamental entre Porto Murtinho e Carmelo Peralta (PY), foi adiada para o ano que vem. A data inicial prevista era 13 de dezembro. 

Motivo – Mudança ocorre em função de ume reunião do Prosul (Foro para o Progresso da América do Sul) – criado em 2019 para substituir o Unasul (União das Nações Sul-Americanas) - onde os dois presidentes cumprirão agenda. 

Cadeira – Os nomes dos vereadores emedebistas Laudir Munaretto e Olavo Sul, foram ‘lançados’ para a disputa das eleições de 2022 pelo presidente do diretório regional do partido em Dourados, deputado estadual Renato Câmara. Ambos devem se colocar a disposição para entrar no pleito visando a Assembleia Legislativa. 

Saída – Primeiro vice-presidente da Mesa Diretora da Assembleia, deputado Eduardo Rocha (MDB) participa hoje da última sessão na Casa antes de ser empossado como titular na Segov (Secretaria de Estado de Governo e Gestão Estratégica). O anúncio da saída dele ocorreu em 9 de novembro. 

Chegada – Já o suplente, Paulo Duarte (MDB), assume o posto deixado por Rocha amanhã às 8h30, conforme convocação realizada pelo presidente da Assembleia, deputado Paulo Corrêa (PSDB). 

Retorno – Enquanto a Assembleia vive dias de ‘chegada’ e ‘despedida’, a Câmara de Dourados deve ter a volta do vereador Diogo Castilho (DEM) na próxima sessão ordinária, agendada para o dia 6 de dezembro, já que o TJMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul) decidiu pela suspensão da comissão processante que o investiga por quebra de decoro parlamentar, diante da acusação de violência doméstica contra a ex-noiva em 4 de setembro. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Deputado licenciado assume cargo de conselheiro em Fundação de MS

Pré-candidatos começam a desembarcar em Dourados para agendas

Pré-candidato começa a ‘investir’ em interação nas redes sociais

Em menos de uma semana, dois deputados testam positivo para a Covid em MS

Dourados ainda não discutiu se tomará medidas restritivas contra novo avanço da Covid

Mais Lidas

REGIÃO

Grave acidente deixa oito mortos em rodovia

DOURADOS

Morto em confronto, além de ser suspeito de morte de menor, tinha extensa ficha criminal

DOURADOS

Dois são flagrados com droga na PED

TRÁFICO DE DROGAS

Cocaína que saiu da região de fronteira do MS é interceptada em SP