domingo, 07 de agosto de 2022
Dourados
29°max
18°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Após ‘sumirem’ durante votação de projeto, vereadores se posicionam

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

27 julho 2022 - 00h04

Visita – Pré-candidata ao Governo pelo PT, Giselle Marques cumpre série de agendas em Dourados na quinta-feira, dois dias antes das convenções estaduais da legenda, marcada para 30 de julho. O PT pode caminhar com chapa pura, já que a federação Psol/Rede Sustentabilidade em Mato Grosso do Sul não deve apoiar a candidatura petista. 

Aliado – No início de julho, o partido trabalhava com a possibilidade de se aliar ao ex-prefeito de Campo Grande e pré-candidato ao Governo, Marquinhos Trad (PSD), porém, diante das denúncias recentes de assédio sexual, aumenta a possibilidade de isso não acontecer. As convenções dos dois partidos estão agendadas para o mesmo dia.

Presidência – Acontece hoje a convenção que poderá confirmar o nome da senadora sul-mato-grossense Simone Tebet como candidata à presidência da República pelo MDB. A parlamentar vem apresentando dificuldades de emplacar nas pesquisas e sofrendo com o ‘fogo-amigo’ de algumas alas do partido. 

Posicionamento – Vereadores que ‘sumiram’ na última sessão antes do recesso parlamentar na Câmara, enfim, se posicionaram com relação a votação do projeto de lei apresentado pelo vereador Rogério Yuri (PSDB) instituindo o Dia Municipal do Orgulho LGBTQIA+, a ser comemorado anualmente em Dourados em 28 de junho, relembre aqui.

Fora – A exceção foi Maurício Lemes (PSB), que deixou de opinar nas duas ocasiões, computando como abstenção os votos dele. 

Presença – Já Marcão da Sepriva (Solidariedade), Fábio Luís (Patriotas), Liandra Brambilla (PTB) e Elias Ishy (PT), que não votaram apenas esse projeto na sessão antes do recesso, se posicionaram. Creusimar Barbosa (União), que havia saído do encontro do dia horas antes, também se posicionou desta vez. O projeto do parlamentar tucano foi aprovado em segunda discussão por 10 votos favoráveis e sete contrários.

STM – Com passagem por Dourados entre os anos de 2012 e 2014 quando comandou a 4ª Brigada de Cavalaria Mecanizada – Brigada Guaicurus, o general Lourival Carvalho Silva assumiu o posto de ministro do STM (Superior Tribunal Militar) no dia 18 de julho. Considerado o ‘número 2’ do Exército Brasileiro, ele atuava anteriormente como chefe do Departamento-Geral do Pessoal. 

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Mensagem após ataque a candidato em 2018 vira ação penal eleitoral

Servidor de carreira, ex-secretário pede exoneração do Município

Assembleia cancela cerimônias e audiências e deputado critica novas medidas

Após anunciar que seria suplente de senador, produtor rural acaba como candidato a vice

Campanha vai reforçar fiscalização nas eleições deste ano

Mais Lidas

TRAGÉDIA

Mulher que morreu em acidente na BR-463 era agrônoma de Dourados

TRAGÉDIAS

Agosto começa com quatro mortes por acidentes de trânsito em Dourados 

LUTO

Conselho de Agronomia lamenta morte de jovem agrônoma em acidente

TENTAVIVA DE HOMICÍDIO

Susto provocado por cachorro e discussão terminam com ciclista baleado