quarta, 06 de julho de 2022
Dourados
31°max
14°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Após ‘profecia’ de visita presidencial não se concretizar, deputado ‘atira pra todo lado’

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

23 junho 2022 - 00h04

Pegou ar – Após virar piada ao anunciar a vinda – que não aconteceu – do presidente Jair Bolsonaro (PL) a Mato Grosso do Sul, o deputado federal Loester Trutis (PL) tentou justificar o injustificável ao tentar vender o motivo pela não presença de Bolsonaro ao Estado, mesmo com a visita a Dourados de dois ministros dele em três dias. Nas redes sociais, o parlamentar disse que o presidente tem agenda ‘flexível’, mas mantém uma ‘pré’ visita ao MS em sua programação. 

Explicação? – Ao postar uma montagem ao lado do presidente, Trutis escreveu, escreveu, e nada explicou. “Apesar dos urubus da mídia, pra quem quanto pior melhor; e dos falsos direitistas, celebrando a não-vinda do PR @Bolsonaro ao MS; a pré-agenda para junho continua pré marcada. Nosso presidente sempre teve agenda flexível e já cancelou várias viagens, não só ao MS. Bolsonaro vindo ou não ao MS, sempre estarei ao lado dele. Aonde poucos chegam! Obrigado povo do MS, por ter me colocado aqui”.

Arquivamento – Após pedido de arquivamento por parte da 16ª Promotoria de Justiça de Dourados, ao procedimento preparatório vinculado a denúncia de supostas irregularidades na distribuição de verbas publicitárias na Câmara de Vereadores local em anos anteriores, o Conselho Superior do Ministério Público Estadual deu prazo de 10 dias a contar de 21 de junho, para as partes interessadas se pronunciarem a respeito do fato, caso assim queiram. 

Confiante – “Para quem me conhece e viu minha entrevista, minha posição é clara: estaremos no segundo turno. O Brasil merece paz. Merece uma alternativa à polarização. Nossa luta é pela democracia e pela reconstrução do Brasil”, da senadora por MS e pré-candidata à presidência da República, Simone Tebet (MDB), no twitter. 

Confiante ainda – Apesar de acreditar – e não deveria ser diferente – chegar entre os dois primeiros e disputar o 2º turno das eleições, o nome da parlamentar não decola nas pesquisas de intenção de voto e continua a derrapando com índices abaixo de cinco pontos percentuais. A última, divulgada ontem pelo Poder Data, que ouviu 3 mil eleitores em 27 unidades da federação, coloca a pré-candidata com 1% da preferência do eleitorado. 

Ato – Entidades sindicais agendaram para hoje, às 15h, em frente a sede da Funai (Fundação Nacional do Índio) em Dourados, mais um ato cobrando Justiça diante das mortes do indigenista Bruno Pereira e do jornalista Dom Phillips, na região indígena do Vale do Javari, na Amazônia.   

Prazo – Ontem, o relator da Comissão Externa do Senado, Nelsinho Trad (PSD/MS), confirmou que os trabalhos do grupo que investiga a violência na região onde aconteceram os assassinatos serão concluídos em dois meses. 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Para não votar projeto LGBTQIA+ em Dourados, vereadores deixam sessão

Com fim da intervenção, ex-reitora lamenta não empossar eleito pela comunidade acadêmica

Com limite para definições se aproximando, movimentação para alianças ainda é morna em MS

Em recado a pré-candidatos ‘da direita’ em MS, Bolsonaro fala em união

Bolsonaro diz que vai levar Tereza Cristina para passear de moto na Capital

Mais Lidas

DOURADOS

Cinco professores estavam em veículo que se envolveu em acidente no Itahum

DOURADOS

Prefeitura abre concurso com quase 60 vagas com salários que chegam a R$ 8,3 mil

DOURADOS

Cantor é outro envolvido em acidente que deixou feridos entre Dourados e Itahum

CRIME PASSIONAL

Autor de homicídio no Flórida se passou pela própria esposa para atrair vítima e cometer o crime