Menu
Busca quarta, 27 de maio de 2020
(67) 99659-5905
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Após Délia jejuar e orar, decreto em MS quer cidadãos orando contra pandemia

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

19 maio 2020 - 00h04

Gel – Após constatar que a prefeitura de Dourados estava disposta a pagar valores absurdos e totalmente fora do mercado em álcool em gel, o Ministério Público iniciou nova investigação, ainda no que diz respeito aos gastos envolvendo a saúde pública do município. 

Continua – Trata-se de um Procedimento Administrativo aberto pela 16ª Promotoria de Justiça de Dourados, que vai fiscalizar as contratações e despesas relacionadas a situação de emergência decretada pela prefeita Délia Razuk (PTB) em março passado, decorrente da pandemia do novo coronavírus. 

Pandemia – Pelo aumento no número de casos confirmados dia após dia em Mato Grosso do Sul, é provável que o Estado chegue a casa de mil pessoas infectadas pelo coronavírus antes dos 10 dias estimados pelo secretário estadual de Saúde, Geraldo Resende. Até ontem eram mais de 600.

Decreto – A prefeitura de Ladário emitiu decreto no dia 15 de maio para que todos os munícipes ‘cristãos’ orem nas próximas três semanas como forma de prevenção à pandemia do novo coronavírus. A medida, conforme o Diário Oficial, teve início ontem e se estenderá até 7 de junho. 

Pontos – No artigo 2º do documento, o prefeito Iranil de Lima Soares pede ainda um dia de jejum ‘de livre escolha’ do cidadão, “invocando o nome do Senhor para que juntos na fé possamos vencer a pandemia”. 

Mais pontos - Ainda é pedido, no artigo 4º do decreto, que no último dia, seja realizado um cerco espiritual na cidade por meio de orações, entre as 5h e 6h “com o escopo de pedir ajuda a Deus tanto pelas pessoas que já estão doentes quanto por aqueles que estão tomando medidas para não contrair a Covid-19”.

Dourados – Algo parecido, porém, não através de decreto, ocorreu em Dourados no início de abril. Na época, a prefeita Délia Razuk (PTB) publicou vídeo nas redes sociais convocando a população a passar um dia de jejum e oração para tentar combater o avanço do coronavírus.

Enquete – Dos 902 internautas participantes da enquete proposta pelo Dourados News, 89,02% gostam da ideia da obrigatoriedade do uso de máscaras em todos os locais do município. Já para 10,98%, a medida não é bem aceita. 


 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Délia precisa trocar o tom dramático de vídeos e mostrar firmeza nas decisões
CPI da Energisa é movimentada, mas apenas na Justiça
Se unificada, eleição acaba com ‘trampolins’ políticos a cada dois anos
Líder da prefeita faz, na Câmara, papel que deveria ser de secretário de Governo
Em pré-campanha, ex-líder de Reinaldo vota contra projeto do Executivo

Mais Lidas

DOURADOS
Prefeitura estende toque de recolher em 2h em Dourados
PANDEMIA
Dourados tem mais de 150 casos de Covid-19 e secretário diz ser assustadora a crescente na região
PANDEMIA
Dourados investiga morte com suspeita do novo coronavírus
DOURADOS
Empresários cobram de Délia prova científica para justificar toque de recolher