Menu
Busca sábado, 27 de novembro de 2021
Dourados
35°max
19°min
Campo Grande
32°max
21°min
Três Lagoas
35°max
22°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COLUNA

Na Lata!

Adriano Moretto

Após acordo, MPE deve arquivar denúncia contra servidores que furaram fila de vacina

Comentários, críticas e sugestões: adrianomoretto.oliveira@gmail.com

23 novembro 2021 - 00h04

Prévias – As falhas no aplicativo criado para a votação nas prévias do PSDB visando a escolha do pré-candidato à presidência da República nas eleições do ano que vem, renderam irritação por parte dos correligionários em Dourados, principalmente após o partido anunciar a suspensão do processo. 

Reclamações – Um dos principais questionamentos dos tucanos douradenses dizia respeito a forma de comprovação do voto, onde era necessário o envio de foto na plataforma para ‘provar’ a identidade da pessoa. Alguns realizaram a ação por várias vezes, porém, sem sucesso. 

Arquivamento – O Conselho Superior do MPE (Ministério Público Estadual) pode arquivar a denúncia que resultou num procedimento preparatório contra servidores aposentados que ‘furaram a fila’ da vacina contra a Covid-19 em Dourados. A medida ocorre após o firmamento de um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) que gerou multas aos envolvidos. 

Suspensão – A Câmara de Dourados publicou portaria proibindo a partir de 30 de novembro, a abertura de novos processos licitatórios e a aquisição de bens e contratação de serviços para a Casa, que entra em recesso antes do dia 19 de dezembro. 

Inclusão – Responsável pela transmissão das sessões da Câmara de Dourados após vencer processo licitatório, a TV Grandourados iniciou os trabalhos na Casa promovendo inclusão e disponibilizando ao longo da sessão de ontem, interprete de Libras para quem assistia através do canal oficial no Youtube. 

Falhas – Apesar da boa iniciativa, ainda há o que melhorar no que diz respeito ao link da imagem disponibilizada, principalmente diante da quantidade de vezes que o vídeo era ‘congelado’ durante o encontro. Durante a sessão, o presidente Laudir Munaretto (MDB) chegou a citar problemas com a internet para explicar a situação. 

Agenda – Três meses após deixar Dourados com promessas [ainda não cumpridas] de políticas públicas voltadas ao enfrentamento da violência contra mulheres indígenas, a ministra da Mulher, Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, retorna ao Mato Grosso do Sul, onde participará da apresentação do projeto Qualifica Mulher. A agenda ocorre amanhã em Campo Grande.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

Bolsonaro é aguardado para agenda em MS no próximo mês
Com mudança no regimento, concessionária pode ser convocada a explicar parquímetro na Câmara
Testemunhas de processante serão ouvidas hoje na Câmara
Após acordo, MPE deve arquivar denúncia contra servidores que furaram fila de vacina
Sem representantes no Congresso, Dourados fica com o ‘cheiro’ de emendas impositivas

Mais Lidas

ESTUPRO DE VULNERÁVEL
Jovem é preso após manter relacionamento com menina de 11 anos em Dourados
DOURADOS
Menina diz que mantinha relações sexuais com acusado de estupro desde os 10 anos
AÇÃO CONJUNTA
Dourados terá operação 'Lei Seca' para conter bebedeira no trânsito após final da Libertadores
DOURADOS
Acusado de estupro tem prisão preventiva decretada e é transferido para a PED