Menu
Busca terça, 11 de maio de 2021
(67) 99257-3397
BELEZA & ESTÉTICA

Como escolher um bom cirurgião plástico?

16 abril 2021 - 11h26Por Minha Vida

A cirurgia plástica exige limites e critérios rígidos de avaliação. Por isso, a escolha do cirurgião plástico implica na decisão de priorizar um profissional que, além de ter amplo conhecimento científico sobre a técnica mais adequada, priorize o bom senso, respeitando os limites da Medicina.

No primeiro contato com o paciente na clínica é preciso estabelecer valores éticos. A seriedade do profissional é determinante para a boa relação médico-paciente, pois a ética é reconhecer a necessidade e indicar o procedimento adequado.

A atitude mais correta de um bom cirurgião plástico é informar com conhecimento de causa sobre o procedimento, resultados efetivos e reais benefícios, além dos cuidados no pré e pós-operatório. Nesse contexto, o médico deve ser criterioso sobre exageros em nome da beleza, com muitas intervenções que podem ser abusivas. E deve até recusar esse tipo de paciente.

Por isso, critérios na escolha do médico devem reger a relação médico-paciente - e a empatia e a confiança entre ambos são primordiais. Além disso, o profissional deve ser especializado em cirurgia plástica e membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

É importante também buscar referências do especialista e averiguar se a clínica ou hospital está autorizado pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) para a realização do procedimento cirúrgico, que exige maior aparato médico-hospitalar.

Nunca é demais ressaltar: não são permitidos procedimentos operatórios em consultórios médicos.

Além disso, o médico deve solicitar ao paciente, antes de qualquer procedimento, uma série de exames que vão atestar as reais condições de saúde, possibilitando a intervenção cirúrgica e plástica. Em conjunto, é essencial uma avaliação estética da cirurgia para saber se a mudança desejada é realmente possível ou se a correção do problema não tem solução estética efetiva. O paciente precisa estar consciente da real necessidade de se submeter ao procedimento de cirurgia plástica.

Portanto, é importante adotar critérios rígidos de avaliação, como reconhecer o bom profissional, o local adequado, ter conhecimento satisfatório sobre o procedimento e nunca ter dúvidas sobre a técnica a ser aplicada, desde a mais conhecida e consagrada, até a mais moderna e avançada. Nesse contexto, o médico é peça fundamental e determinante.

Seguindo essa premissa, o médico deve deixar claro para o paciente que não existem milagres dentro do espectro da cirurgia plástica.

O conhecimento aprimorado, experiência profissional, cuidados e avanços vão determinar o resultado satisfatório, afastando problemas de saúde ou frustrações pessoais do paciente. Por isso é importante que o médico esteja em constante reciclagem, participando de congressos e palestras ou apresentação de trabalhos e publicações, bem como ter um número expressivo de cirurgias já realizadas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PARANAÍBA
Jovem mata ex-namorado da mãe a facadas após presenciar agressão
SENADO
CPI vai questionar negociações do Itamaraty para garantir cloroquina
ANHANDUÍ
Pedestre morre após ser atropelado por caminhão baú na BR-163
IMUNIZANTES
Saúde receberá 8,2 milhões de doses de vacina até sexta-feira
Homem que abusou da mulher é denunciado por estuprar a filha
FUTEBOL
Costa Rica vence Aquidaunense e retoma a liderança do Estadual
CRIME AMBIENTAL
Animais são abandonados, morrem e mulher é multada em R$ 4 mil
JUSTIÇA
Juiz determina que Carla Zambelli tire vídeo da canção 'Milla' do ar
CAPITAL
Homem morre após cair de três metros ao conferir estoque de loja
TJ/MS
Concurso Extrajudicial terá audiência pública no dia 27 de maio

Mais Lidas

DOURADOS
Adolescentes flagrados em festa 'entregam' distribuidora que vendeu bebidas alcoólicas
IMUNIZAÇÃO
Estado aprova envio das primeiras doses da vacina Pfizer para Dourados
IVINHEMA
Após disparo, jovem é encontrado com ferimento na cabeça e morre no hospital
DOURADOS
Mulher é presa tentando entrar com porções de cocaína na PED