segunda, 04 de julho de 2022
Dourados
32°max
15°min
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
BELEZA E ESTÉTICA

Caminhada ao ar livre: experts apontam benefícios do exercício para corpo e saúde mental

25 fevereiro 2022 - 12h42Por Purepeople

Quer manter uma maior frequência de exercícios no seu dia a dia? A caminhada ao ar livre pode ser uma aliada nesse aspecto: ela é democrática, demanda poucos investimentos e traz benefícios para corpo e saúde mental.

"É uma ótima opção para começar a mudar sua rotina, introduzindo uma atividade física. Ela é de baixa intensidade, e pode ser realizada por qualquer pessoa. O risco de lesão nesta atividade é muito pequeno, o que possibilita a continuidade dela por longos períodos de duração", indica Thiago Souto, professor de Educação Física na Mude.

Quais partes do corpo são mais estimuladas no exercício?

Mesmo sendo de menor intensidade se comparada, por exemplo, a uma corrida (confira aqui vantagens dessa prática), a caminhada pode fortalecer os músculos e melhorar o condicionamento cardiovascular se realizada com frequência.

"Normalmente, utilizamos a capacidade das articulações das pernas durante a caminhada, principalmente em subidas e descidas, mas os braços têm um papel fundamental na coordenação da atividade e no auxílio do equilíbrio da mesma", explica o educador físico.

Thiago também detalha a perda calórica do exercício. "Em média, uma pessoa gasta em torno 5 kcal/min, ou aproximadamente 300 calorias por hora e é capaz de ficar longos períodos realizando a atividade, para aumentar a quantidade de calorias gastas", conta.

Segundo ele, é possível aprimorar o ritmo com o passar do tempo. "À medida que a pessoa vai melhorando sua condição física com a caminhada, uma evolução natural para o aumento de intensidade, pode-se migrar para o 'trote' (corrida bem lenta) ou até mesmo a própria corrida", orienta Thiago.

Caminhada ao ar livre é tendência no cuidado com a saúde mental

Para o filósofo clínico Beto Colombo, o exercício também pode ser considerado terapêutico. "Com o isolamento social, desenvolvemos a tendência de ficar idealizando muito as coisas, pensando mais e agindo menos. Sendo assim, busque conectar a mente ao corpo por meio de exercícios físicos", aponta.

Segundo ele, nesse aspecto é importante se voltar para seu exterior. "Faça uma caminhada de contemplação, observe tudo ao seu redor, se atenha aos detalhes que te rodeiam. Quanto melhor for a qualidade dessa caminhada, mais rápido vamos desacelerar o pensamento", indica.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Semana inicia quente, com sol e baixa umidade em MS
CLIMA

Semana inicia quente, com sol e baixa umidade em MS

Tamanduá "passeia" pelas ruas da capital e é capturado
MEIO AMBIENTE

Tamanduá "passeia" pelas ruas da capital e é capturado

SAÚDE

Estudo alerta para urgência de novos tratamentos contra verminoses

Durante ações em Bonito, PMA orienta turistas e apreende petrechos ilegais de pesca
ÁGUAS DO MIRANDA

Durante ações em Bonito, PMA orienta turistas e apreende petrechos ilegais de pesca

Filho do governador de Goiás morre aos 40 anos
LUTO

Filho do governador de Goiás morre aos 40 anos

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Bioparque Pantanal recebe animais taxidermizados nesta segunda

BONITO

Homem morre após cair de barranco de pesqueiro

LUTO

Morre, no Rio, aos 88 anos, autor da Lei Rouanet

MS-080

PMA apreende caminhão com 29 m³ de madeira ilegal e autua proprietário em 8,6 mil

CAPITAL

Ao tentar fugir da polícia, motorista capota carro recheado de contrabando

Mais Lidas

DOURADOS

Idosa cai em golpe do falso sequestro, mas polícia consegue impedir transferência bancária

DOURADOS

Drogado, homem acaba preso após agredir filha e esposa

REGIÃO

Droga apreendida em veículo que capotou é avaliada em 1,5 milhão

RIO BRILHANTE

Caso de homem encontrado morto dentro de residência é investigado