sexta, 14 de junho de 2024
Dourados
32ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
COOPERATIVISMO

Sicredi atualiza projeções para a safra de soja e milho em Sondagem

10 junho 2024 - 11h27Por Da Redação

O Sicredi, instituição financeira cooperativa com presença em todo o Brasil, divulga a segunda edição do Relatório Sondagem de Safras. No levantamento, que apresenta projeções sobre a produção dos principais grãos do país, estima-se que produção de soja será de 146,2 milhões de toneladas, representando uma redução de 1,4% em relação à Sondagem divulgada no mês de abril. Para o milho (1ª safra), a Sondagem projeta uma colheita de 23 milhões de toneladas, uma variação negativa de 0,1% em relação ao relatório anterior.

“A estimativa da safra de soja sofreu uma redução de 2,1 milhões de toneladas em relação à Sondagem anterior, sendo que esse ajuste foi influenciado pelos eventos climáticos no RS. Também revisamos a produtividade do milho em função das cheias. No entanto, observa-se que o estado do Rio Grande do Sul terá uma safra destes grãos superior em comparação com 22/23, quando uma estiagem impactou severamente as lavouras”, contextualiza André Nunes de Nunes, economista-chefe do Sicredi.

Ainda conforme a Sondagem, estima-se uma queda na produção de soja no Brasil (-5,4%) em relação à safra anterior, provocada por uma redução na produtividade (-8,8%). No que tange à situação das lavouras de soja, 47% delas são indicadas em boas condições, 35% em condições médias e 18% em ruins. A colheita do grão já atinge 95,5% em âmbito nacional, sendo que nos estados de MG, MT, MS, PR e SP, 100% das áreas já foram colhidas.

A produção do milho, projetada em 23 milhões de toneladas na 1ª safra e em 87,2 de toneladas na 2ª safra, também é menor comparando-se à safra 22/23, sendo esta queda explicada tanto por uma menor produtividade quanto por uma redução na área plantada. A colheita do milho (1ª safra) atinge 68,8% das áreas, foi concluída em SP e está praticamente concluída em SC (96,3%) e no RS (88,4%).

Esta edição da Sondagem também inclui, pela primeira vez, dados relativos ao trigo. Conforme estimativa, a expectativa para essa safra é de uma produção 12,7% superior à alcançada anterior, com 9,1 milhões de toneladas. No Brasil, o plantio do trigo foi concluído em 21,6% das áreas.

A Sondagem de Safras é produzida pela equipe de Análise Econômica do Sicredi, tendo como base uma pesquisa amostral feita com colaboradores especializados em agronegócio que atuam nas mais de 2,7 mil agências em todo o país. O documento tem como objetivo apoiar os produtores rurais com subsídios para suas atividades e destaca indicadores relativos à área plantada, produtividade, produção, andamento do plantio e da colheita e condições das lavouras.

Os números desta edição já contemplam, em parte, os efeitos das chuvas e enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul, com coleta dos dados realizada entre 6 e 13 de maio de 2024. A Sondagem completa pode ser acessada na página de Análises Econômicas do Sicredi.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO DE MS

Proposta versa sobre inserção dos jovens no mercado de trabalho em MS

Não é só gotinha: entenda como funciona a vacinação contra a pólio
IMUNIZAÇÃO

Não é só gotinha: entenda como funciona a vacinação contra a pólio

Jeep roubado no Rio de Janeiro é recuperado em MS
POLÍCIA

Jeep roubado no Rio de Janeiro é recuperado em MS

Fortalecimento do SUAS foi tema de audiência pública realizada na Câmara
DOURADOS

Fortalecimento do SUAS foi tema de audiência pública realizada na Câmara

BRASIL

Produção industrial recua em cinco dos 15 locais pesquisados em abril

TRÁFICO

Polícia apreende em Itaquiraí droga que seria entregue em Santa Catarina

ANASTÁCIO

MPMS oferece denúncia contra policiais militares suspeitos pela morte de ex-vereador

BRASIL

Pacheco diz que projeto do aborto "jamais iria direto ao plenário"

CONTRABANDO

Dois são presos com mais de R$ 500 mil em produtos que seriam entregues em Dourados

GRIPE

MS registra seis mortes por Influenza e número de óbitos chega a 44 no ano

Mais Lidas

DECISÃO

Mesmo sem duplicação de pontos críticos, pedágios da BR-163 aumentam a partir desta sexta-feira

VENDA DE ALIMENTOS

Ministério Público pede fechamento de cantinas em presídios de MS

LUTO

Policial civil sofre infarto no trabalho e morre em hospital de Dourados

DOURADOS

Com investimento de quase R$ 4,5 milhões, asfalto no Altos do Indaiá tem ordem de serviço autorizada