sexta, 23 de fevereiro de 2024
Dourados
24ºC
Acompanhe-nos
(67) 99257-3397
MEIO AMBIENTE

Indústrias de cana, celulose, mineração e petróleo assinam na COP28 acordo para reduzir carbono

09 dezembro 2023 - 15h00Por Notícias Agrícolas

As associações que representam as indústrias de cana-de-açúcar e bioenergia, papel e celulose, mineração e petróleo e gás assinaram hoje em Dubai um acordo para reduzir a intensidade de carbono de suas emissões. 

Em um compromisso que inclui 17 ações, o documento foi firmado em meio às discussões da COP-28 pela União da Indústria de Cana-de-açúcar e Bioenergia (UNICA), Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP), Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM) e Indústria Brasileira de Árvores (Ibá).

A ideia é melhorar o desempenho energético das operações de todas as cadeias de valor e fomentar a adoção de alternativas mais eficientes, tendo como foco o cliente final. Entre as iniciativas, os setores se comprometem a consolidar a Política Nacional de Biocombustíveis (RenovaBio) e o mercado de créditos de carbono.

“As soluções para a transição energética passam por um processo de integração. O que fizemos hoje foi exatamente unir forças de setores que possuem grandes sinergias. E é o que continuaremos fazendo nas próximas décadas, pois as oportunidades são inúmeras”, disse Evandro Gussi, presidente da UNICA.

Entre as possíveis sinergias está a possibilidade de a indústria de biocombustíveis ajudar a reduzir a pegada de carbono do setor de gás natural, por meio do uso compartilhado de dutos, que poderiam ser compartilhados com o biometano.

Já as usinas de etanol de milho poderiam utilizar a biomassa gerada pela indústria de papel e celulose para abastecer suas caldeiras e superar um dos gargalos do setor. Na mineração, as empresas poderiam ter acesso a uma energia que contribua para descarbonizar o processo mineral.

Deixe seu Comentário

Leia Também

Homem é preso após furto de carro, colisão em muro e furto de moto
IVINHEMA

Homem é preso após furto de carro, colisão em muro e furto de moto

JUSTIÇA ELEITORAL

Julgamento que pode cassar mandato de Sergio Moro começa em abril

Morador de MS é condenado a 17 anos de prisão por atos golpistas
8 DE JANEIRO

Morador de MS é condenado a 17 anos de prisão por atos golpistas

Confederação reforça parceria e destaca referência de MS no vôlei de praia
ESPORTES

Confederação reforça parceria e destaca referência de MS no vôlei de praia

Diretor de trânsito manda taxistas "quebrarem" motoristas clandestinos no pau
RIBAS DO RIO PARDO

Diretor de trânsito manda taxistas "quebrarem" motoristas clandestinos no pau

REGIÃO 

Reitoria manifesta apoio à luta da categoria técnico-administrativa da UFGD

CAPITAL

"Gangue das Mulheres" volta à ativa e duas são presas após furto em loja

STF

Flávio Dino toma posse como ministro do Supremo Tribunal Federal

CORUMBÁ

Bombeiros e Marinha socorrem jovem atacado por queixada no Pantanal

ATOS GOLPISTAS

Valdemar e Torres depõem na PF sobre tentativa de golpe; Bolsonaro se cala

Mais Lidas

TACURU

Servidores são indiciados por desvio de recursos públicos em cidade do interior do MS

DOURADOS

Família procura homem desaparecido desde a manhã desta segunda em Dourados

PROIBIÇÃO

Projeto que veda por mais 5 anos a captura e comercialização do Dourado passa pela CCJR

PARTIDAS DOBRADAS

Operação cumpre mandado em Dourados e mira esquema que movimentou R$ 200 mi em notas frias