Menu
Busca sábado, 22 de fevereiro de 2020
(67) 9860-3221

Centro de Imagens do HU oferece novos serviços pelo SUS

04 fevereiro 2005 - 07h51

O Hospital Universitário de Dourados (HU) está oferecendo novos serviços pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no Centro de Imagens. O Centro conta com estrutura física programada e arquitetura especializada para a realização de exames que antes eram feitos somente na rede privada. Hoje, o hospital realiza ultra-sonografia geral, de carótida, tireóide, obstétrico, morfológico, ultra-som de músculo esquelético, de abdômen, ecocardiograma, exames voltados para a saúde da mulher como pélvico, vaginal e mamário e para acompanhamento de gestação de alto risco com doppler fetal.Com três aparelhos de ultra-som, sendo dois de última geração com doppler (recurso que permite ver o fluxo sanguíneo dentro da estrutura estudada), o Centro de Imagens do HU conta com 3 salas de ultra-som, 2 salas de laudo médico, 2 salas de raios-X, 1 sala de tomografia computadorizada, área para preparação de medicação e materiais e área para observação dos pacientes após realização de exames contrastados, estes sob acompanhamento de médico anestesista.Segundo o médico radiologista, Vander Caetano Vieira, os serviços de ultra-sonografia eram feitos no Pronto Atendimento Médico (PAM), mas apenas com um aparelho antigo. Hoje, houve ampliação dos serviços e contratação de médicos efetivando realmente a especialidade. “Os exames de especialidades realizados aqui no HU compete com qualquer clínica da cidade. Depois de vinte minutos, por exemplo, o paciente recebe o laudo médico com a constatação ou não do problema”, explicou.Uma das grandes demandas da região é a ultra-som de músculo esquelético para detecção de problemas como artrose, ler, tendinite e bursite. Cerca de 230 exames são realizados todos os meses no hospital e mais de 10 por dia são feitos pelo setor de tomografia computadorizada. Além disso, todos os pacientes internados que necessitam dos serviços também são atendidos pelo Centro de Imagens. “Não tem como o HU caminhar mais para trás. Dourados cresceu muito e a população necessita dos serviços”, lembrou o médico.Fazem parte da equipe médica do Centro de Imagens do HU Vander Caetano Vieira (radiologista), Calota Regina Andrade Nogueira (cardiologista), Marco Antônio Pires Melo (oftalmologista), Cláudio Augusto Abdo Wanderlei (radiologista), Edson de Melo Rocha (radiologista), Osmar Maia Filho (urologista), Afrânio Martins (anestesista) e Luciana Antunes de Almeida Secchi (endocrinologista).  

Deixe seu Comentário

Leia Também

CAMPO GRANDE
Cuidadora é presa após assalto que terminou em morte de médico de 93 anos
TST
Petroleiros fecham acordo com a Petrobras e encerram greve de 20 dias
JARDIM
Armado, homem ameaçava enteada de 8 anos para estuprá-la
UEMS
Mestrado Profissional em Ensino em Saúde abre inscrições em Dourados
ECONOMIA
Associações pedem que Reinaldo revogue aumento do ICMS da gasolina
CAMPO GRANDE
Mulher é presa após xingar idoso e bater na vizinha com mangueira
BATAYPORÃ
Chuva de 90 milímetros coloca cidade de MS em situação de emergência
FOLGA
Bolsonaro passa o carnaval em unidade do Exército no Guarujá
CAPITAL
Major da PM que matou ex-namorado foi agredida e ficou em cárcere
ECONOMIA
Projeto Maracujá Agroecológico começa a dar resultado a produtores

Mais Lidas

DOURADOS
Mulher ameaça se jogar de torre no Jardim Guaicurus
DOURADOS
Fechamento e promoções levam multidão a fazer fila em hipermercado
DOURADOS
Após negociação, mulher é resgatada de torre no Guaicurus
DOURADOS
Bombeiro usou técnica de rapel para resgatar mulher em torre