Menu
Busca quarta, 17 de julho de 2019
(67) 9860-3221

Sedentarismo pode ter várias origens, diz psicóloga

08 dezembro 2012 - 08h30



É neste sábado que atletas profissionais e amadores da região encaram a 1ª Corrida e Caminhada Noturna de Dourados. Além do objetivo beneficente dessa edição, onde os atletas se inscrevem com doações de sangue ou calçados, a corrida busca também chamar a atenção da população para a prática de exercícios regulares. Mas você já se perguntou por que é tão difícil vencer o sedentarismo?

Se seu estilo de vida é sedentário, é preciso primeiro identificar as razões de ele ser assim. São duas as maiores justificativas para adiar a prática de exercícios: ou a pessoa não tem tempo ou simplesmente não gosta de exercícios. A psicóloga Aletéia Ferruzzi, coordenadora do Núcleo de Psicologia da UNIGRAN, oferece solução para ambas.

“A pessoa que justifica a falta de tempo precisa olhar para suas atividades, seus afazeres e prioridades. Com hábitos saudáveis temos mais disposição para as atividades. Já aquele que não gosta de fazer atividade física deve buscar alternativas. São inúmeras as possibilidades, de caminhada a lutas, de locais fechados ao parque, pela manhã ou à noite, certamente uma atividade física lhe é mais agradável”, argumenta.

Mas é bom deixar claro, os resultados não surgem do dia para a noite. Para os mais imediatistas, a psicóloga sugere notar as melhorias mais sutis, como uma maior qualidade de sono e bom humor. “Com um pouquinho de perseverança esses benefícios vão aparecer e servir para espantar esse desânimo e como recompensa pela atividade”, sugere.

Na hora de escolher a atividade, vale a pena investir nas realizadas em grupo, mas só se fizer o seu perfil. “Tem aqueles que gostam de estar em grupo porque um não deixa o outro desistir, fazem uma competição informal de rendimento. Por isso grupos são motivadores, mas cada indivíduo deve buscar sua preferência”, esclarece a psicóloga.

Para os que já venceram o sedentarismo e vão encarar o desafio desse sábado, a corrida começa às 20h30, em frente à Praça Antônio João. Serão 5km de percurso, nas Avenidas Marcelino Pires e Weimar Gonçalves Torres. Para essas e outras atividades físicas, hidratação e um bom alongamento antes de começar são fundamentais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PRAZO
Tribunal Regional do Trabalho encerra inscrições para Programa de Estágio
CAMPO GRANDE
Três homens em veículo furtado são perseguidos e presos pela Polícia
EDUCAÇÃO
UEMS abre inscrições para Pós em Educação Científica e Matemática
REUNIÃO
Bolsonaro vai à Argentina para participar da cúpula do Mercosul
PARANHOS
"Braço direito" de narcotraficante preso é executado a tiros na fronteira
TEMPO
Quarta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados, não chove
SHOWBIZZ
De biquíni em Paraty, Mariana Ximenes suspira: "Pode já querer voltar?"
CAPITAL
Esposa de defensor público é encontrada morta em residência
POLÍCIA
Vítima de tiro do pai, estudante presta depoimento e diz que vai embora
TJ/MS
Coordenadora da Mulher debate violência de gênero em Genebra

Mais Lidas

DOURADOS
Coordenadora de Ceim é exonerada e pais fazem abaixo-assinado para tentar mantê-la
POLÍCIA
Investigação vê indícios de relação entre homicídios no Jardim Pantanal e Guanabara
DOURADOS
Assassinado em conveniência já cumpriu pena por tráfico e lavagem de dinheiro
DOURADOS
Upiran entrega carta de demissão a Délia e aguarda substituto para deixar Educação