Menu
Busca quinta, 23 de maio de 2019
(67) 9860-3221

Novo secretário de Saúde toma posse na segunda-feira

30 novembro 2006 - 09h16

O novo secretário municipal de Saúde de Dourados, João Paulo Esteves, será empossado na próxima segunda-feira, dia 04 de dezembro. A cerimônia de posse será às 8h30, na sala de reuniões do gabinete do prefeito Laerte Tetila, no Centro Administrativo Municipal. Ex-secretário estadual de Saúde, o odontólogo João Paulo Esteves assumirá a vaga ocupada por três anos pela bióloga Maria de Fátima Metelaro, que pediu afastamento do cargo por motivos pessoais.

Esteves é filiado ao PSB e possui domicílio eleitoral em Nova Andradina, onde foi vereador por dois mandatos e onde também ocupou a presidência da Câmara de Vereadores. Também em Nova Andradina, João Paulo Esteves foi secretário municipal de Saúde por oito anos. Em janeiro de 2001, ingressou no governo do Estado, no primeiro mandato de Zeca do PT, na função de superintendente de Políticas de Saúde. Em abril de 2002, assumiu a secretaria estadual de Saúde, onde permaneceu até dezembro de 2004.

De acordo com o prefeito Laerte Tetila, a escolha por João Paulo Esteves está baseada em sua competência técnica, política e gerencial na área da saúde. “Ele tem competência comprovada para assumir o cargo”, garantiu o prefeito. “Cargos desta natureza exigem grande preparação técnica, política e gerencial”, acrescentou. Tetila também destacou o trabalho de Maria de Fátima Metelaro que “desempenhou a função com muita lealdade e competência”.
O vereador José Carlos Cimatti, representante do PSB na Câmara de Vereadores, também comemora a indicação de João Paulo Esteves à pasta. “Este convite amplia o espaço do PSB e garante a participação efetiva do partido na administração municipal”, disse o vereador, que já espera ampliação do diálogo político entre o PSB e o governo municipal.


ESTEVES

João Paulo Barcellos Esteves, 47 anos, possui um vasto currículo político e gerencial na área de saúde em Mato Grosso do Sul. Já atuou como presidente do Conselho Estadual de Saúde de MS e também a como vice-presidente do CONASS ( Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Saúde) para a região Centro-Oeste, entre outros cargos.
De acordo com o novo secretário, a Saúde em Dourados trata-se de um grande desafio, já que o gerenciamento da pasta vai além das fronteiras municipais. “Gerenciar a saúde em Dourados significa administrar o setor para quase 800 mil pessoas que fazem parte do sistema”, disse João Paulo Esteves, referindo-se aos 38 municípios da região.

Esteves disse, ainda, que se sente preparado para assumir o comando da pasta, baseado em sua experiência acumulada nos âmbitos municipal e estadual. “Conheço os dois níveis da administração da saúde, o que me qualifica e facilita o diálogo com os outros gestores”, garante ele.Em Dourados, João Paulo Esteves disse que pretende dar continuidade ao trabalho desenvolvido pela atual secretária, Maria de Fátima Metelaro, baseado na organização dos chamados Pactos para a Saúde.



Deixe seu Comentário

Leia Também

CONTRABANDO
Após perseguição, Polícia apreende 7,5 mil pacotes de cigarros
POLÍTICA
Bolsonaro volta a defender mudanças na CNH e fim dos radares
CAMPO GRANDE
Jovem grávida é agredida, desmaia e acorda sendo estuprada
UNIGRAN
Jornada de Psicologia vai abordar trajetos e conquistas em 20 anos de história
MEIO AMBIENTE
Conciliação: danos ao Rio da Prata serão reparados por responsáveis
TRÊS LAGOAS
PMA realiza Educação Ambiental a 50 alunos de escola pública
JUDICIÁRIO
Maioria no STF vota para enquadrar homofobia como crime de racismo
DOURADOS
Servidora da UEMS lança livro sobre Letramento Digital nesta sexta
RIBAS DO RIO PARDO
Homem é preso e confessa que estuprava a sobrinha de 9 anos
SELEÇÃO
Marinha abre concurso para 90 vagas para o Corpo Auxiliar de Praças

Mais Lidas

POLÍCIA
Após pescaria, marido encontra desconhecido na frente de casa e ameaça mulher com arma em Dourados
DOURADOS
Preso em operação estava sob monitoramento por assalto
PEDRO JUAN
Três suspeitos de chacina na fronteira são presos pela polícia paraguaia
PEDRO JUAN
Seis morrem e uma criança fica ferida após ataque de pistoleiros na fronteira