Menu
Busca quinta, 23 de maio de 2019
(67) 9860-3221

MS prorroga prazo para vacinação contra gripe

13 maio 2011 - 10h52

O Ministério da Saúde informou que, até as 19h de quinta (12), apenas 55,97% da população que faz parte do grupo de risco já havia sido vacinada contra a gripe no país. A meta da campanha é vacinar 80% do público alvo, que são idosos com mais de 60 anos, gestantes e crianças entre 6 e 23 meses.

Os estados de São Paulo, do Rio de Janeiro, de Minas Gerais, além da capital de Mato Grosso do Sul, estenderam campanha até dia 20. No Distrito Federal, o prazo foi ampliado até o dia 27.

Baixa adesão
Campo Grande, capital de Mato Grosso do Sul, informou nesta sexta-feira que estendeu a campanha. Isso porque, no estado, foram vacinadas 63,02% do total esperado. O pior resultado é do grupo gestantes, onde só 35% se vacinaram, de acordo com a Secretaria Municipal de Saúde.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SHOWBIZZ
Flávia Monteiro se diverte em praia do Ceará: "minha alma é uma eterna criança"
NOVA ANDRADINA
Menor agride mãe, ateia fogo em móveis, se tranca em cômodo e é salvo pela PM
UEMS
Acadêmicos participam de amistoso de Futebol Suiço na Aldeia Jaguapiru
ITAQUIRAÍ
Casal é investigado por golpes contra idosos que somam mais de R$ 500 mil
NOVO DECRETO
Exército vai definir em 60 dias quais armas cidadãos vão poder comprar
ACIDENTE
Motorista pega no sono e bate caminhão na traseira de outro na BR-163
FUTEBOL
Fifa desiste de fazer Copa do Mundo do Catar com 48 seleções
CRIME AMBIENTAL
Ambiental fecha suinocultura instalada em área protegida de nascentes
JUSTIÇA
Banco é condenado a ressarcir cheque extraviado de R$ 29 mil
UEMS
Estão abertas as inscrições para a VI edição do Enepex

Mais Lidas

POLÍCIA
Após pescaria, marido encontra desconhecido na frente de casa e ameaça mulher com arma em Dourados
PEDRO JUAN
Seis morrem e uma criança fica ferida após ataque de pistoleiros na fronteira
PEDRO JUAN
Três suspeitos de chacina na fronteira são presos pela polícia paraguaia
DOURADOS
Tropa de Choque chega à PED após suspeita de túnel e motim