Menu
Busca quarta, 23 de outubro de 2019
(67) 9860-3221
APARECIDA DO TABOADO

Menina picada por escorpião morre após dar entrada em Pronto Socorro

07 outubro 2017 - 09h10Por Da Redação

A pequena Pietra Teixeira do Nascimento de 9 anos, moradora de Aparecida do Taboado, morreu na madrugada desta sexta-feira, dia 06 de outubro, após ser picada por um escorpião.

A menina foi picada na madrugada de quinta-feira (05) e logo em seguida a levaram ao Pronto Socorro da cidade, onde não havia o soro antiescorpiônico.

O secretário de saúde da cidade, Márcio Garcia Galdino confirmou que no hospital não havia o soro, e disse que irá "investigar" o motivo da falta do medicamento.

Segundo o site Midiamax, Pietra dormia com a avó quando foi picada em um dos dedos por volta das 4h30. Segundo o pai, a menina gritou, momento em que viram um escorpião amarelo embaixo do travesseiro. "Ela já acordou suando", disse o pai. A casa onde ocorreu o fato fica em um sítio a um quilômetro do centro da cidade.

O animal peçonhento foi morto e ela foi levada imediatamente ao Pronto Socorro da cidade. "Lá ela ainda ficou uns 15 minutos para receber atendimento", disse o pai.

Ainda de acordo com Patrick, enquanto ela esperava, foi dado um soro para cortar os vômitos, e em seguida, informaram que não havia o soro contra a picada do escorpião. Ainda de acordo com o pai, por mais de uma hora, o hospital tentou a regulação para transferí-la para outra cidade.

Patrick conta que já tinham tomado a decisão de irem para Santa Fé do Sul, em São Paulo, que fica a aproximadamente 29 quilômetros de Aparecida do Taboado. Neste momento, segundo a família, regularam a transferência de Pietra para Três Lagoas - distância de 130 quilômetros. "Iriam levá-la em uma ambulância sem UTI, foi quando a gente resolver ir para Santa Fé por conta própria".

Patrick lembra que o irmão mais novo de Pietra já havia sido picado por escorpião a aproximadamente dois anos. Na época ele foi levado para o Pronto Socorro de Aparecida do Taboado, onde foi medicado normalmente com o soro contra a picada. " A gente tinha certeza que lá tinha".

Na cidade paulista, a menina foi prontamente atendida e tomou o soro antiescorpiônico. Porém, o veneno já havia atingido alguns órgãos. O pai relata que a filha também foi diagnosticada com água no pulmão.

Ela foi levada à Santa Casa da cidade do estado vizinho, onde foi feita a drenagem do líquido, porém a menina não resistiu e morreu por parada cardíaca na madrugada desta sexta-feira (06), durante a internação.

A mãe de Pietra, que é separada do pai da menina contou que a filha foi sepultada por volta das 17 horas desta sexta-feira (06). "Nunca mais vai sair a frase da minha cabeça quando chegaram aqui e disseram que não tinham uma notícia boa para me dar".

Deixe seu Comentário

Leia Também

JUDICIÁRIO
STF retoma nesta quarta julgamento sobre prisão após 2ª instância
CIRURGIAS PLÁSTICAS
Juiz manda prender médico Rondon, condenado por mutilar pacientes
INFORME PUBLICITÁRIO
Loja de materiais de construção traz caminhões com pisos direto da fábrica e aquece a briga pelo cliente
TEMPO
Quarta-feira de sol com algumas nuvens em Dourados; não chove
CHAPADÃO DO SUL
Motociclista morre após ser atingido por carro e arremessado contra muro
ÓLEO
Senadores pedem declaração de emergência ambiental no Nordeste
AMAMBAI
Homem é suspeito de esfaquear a filha após ser denunciado por estuprá-la
PRAZO
Submissão de trabalhos para Jornada de Linguística vai até o dia 30
NOVA ALVORADA
Pastor evangélico é esfaqueado dentro de igreja após culto
EDUCAÇÃO
Enem para privados de liberdade registra mais de 40 mil inscritos

Mais Lidas

HAYEL BON FAKER
Homens são presos fazendo sexo em via pública em Dourados
DOURADOS
Três são presos após ‘batida’ em ‘boca de fumo’ no Jardim Pantanal
DOURADOS
“Se não pagar vocês não vão dormir, não vão ter paz”, ameaçou professora indígena presa por extorsão
DOURADOS
Suspeito de extorsão em área de conflito, policial é levado ao Presídio Militar da capital