16/02/2012 18h23

Linhaça e gergelim controlam a TPM; conheça os benefícios

 

Terra

Uma das premissas de uma alimentação balanceada é conter uma variedade significativa de nutrientes. E determinadas escolhas podem proporcionar benefícios extras à sua saúde. Os alimentos funcionais possuem compostos moleculares que, ao atuarem de forma complementar a outros nutrientes, podem agir com mais eficiência nas vias metabólicas. “Essas moléculas possuem propriedades antioxidantes, anticarcinogênicas [relacionadas à prevenção do câncer] e que combatem doenças crônico-degenerativas”, explica a nutricionista Mariana Klopfer, da Nutricius Consultoria em Nutrição.

Alguns produtos industrializados também prometem essa função, por serem enriquecidos ou fortificados com certos componentes, mas a nutricionista Fernanda Granja afirma que isso não garante a sua eficiência na prevenção de doenças. “O alimento natural, sendo declarado como funcional ou não, é sempre melhor que o industrializado, pois este pode ser acrescido de vários ingredientes nocivos à saúde, como os conservantes e aditivos químicos”, alerta.

Por isso, confira abaixo alimentos funcionais que não podem faltar no seu dia a dia.

1. Azeite de oliva: ajuda a proteger o organismo contra o câncer devido à presença de antioxidantes e ácidos graxos essenciais.

2. Tomate: a presença do licopeno reduz a concentração de radicais livres e, consequentemente, previne câncer mama e útero. Por impedir a oxidação do colesterol ruim, também pode diminuir o risco de ataques cardíacos. Sua ação será ainda melhor se tiver procedência orgânica e for aquecido antes do consumo.

3. Frutas roxas ou vermelhas: os flavonóides, assim como as antocianinas, possuem propriedades anticarcinogênicas, anti-inflamatórias e anti-alérgicas. Morango, uva, e açaí são alguns exemplos.

4. Óleos vegetais: os óleos de linhaça ou gergelim são ricos em substâncias que contribuem para a redução da absorção do colesterol no intestino. Também auxiliam no controle de alguns hormônios sexuais, amenizando efeitos da TPM e da menopausa.

5. Cereais integrais: atuam no bom funcionamento do intestino. Isso porque alimentos como arroz integral, gérmen de trigo e todos os cereais com casca são fibras insolúveis e não são digeridos. Dessa forma, ajudam na prevenção de câncer de intestino e cólon.

6. Brócolis: contém moléculas de enxofre e nitrogênio, que favorecem a desintoxicação do fígado. Aliados a uma alimentação balanceada, esses nutrientes ainda inibem as mutações no DNA e previnem o câncer.

7. Peixes de água fria: são ricos em óleos benéficos para o organismo, entre eles Ômega 3 e Ômega 6. Apresentam função anticoagulante, vasodilatadora, anti-inflamatória e ainda melhoram a recuperação após lesões.

8. Leite: o soro contém um antioxidante poderoso chamado glutationa que combate os radicais livres e preserva a estrutura das células. O leite também possui um aminoácido denominado trioptofano que pode melhorar o estado psíquico e diminuir o estresse.

9. Chá: o tanino, flavonóide presente nos vegetais que geralmente compõem o chá, é eficiente na prevenção de doenças coronarianas, câncer, diabetes, deficiência cognitiva e sintomas da menopausa. Devido ao seu poder de hidratação, é importante para a ocorrência das reações químicas do metabolismo.

10. Pimentão: por conter pigmentos chamados carotenóides, age na captura de radicais livres, controle da proliferação celular desordenada e aumenta a resposta imune. Esses fatores contribuem para a prevenção do câncer.

Seja o primeiro a comentar!

Restam caracteres. * Obrigatório
Digite as 2 palavras abaixo separadas por um espaço.